A “administração do Grupo K, deliberou já ontem (3 de novembro), rescindir por justa causa e com efeitos imediatos desde essa data o contrato que mantinha com a empresa PSG”

urban beach

urban beach

 

 

 

O Grupo K, proprietário da Discoteca Urban Beach, emitiu um comunicado à imprensa sobre os acontecimentos ali ocorridos no dia 1 de Novembro, que incluiram agressões. Transcrevemos abaixo o comunicado na íntegra.

 

 

 

 

 

Na sequência do lamentável incidente ocorrido no passado dia 1 nas imediações da discoteca Urban Beach, em Lisboa, ao qual somos completamente alheios, tendo-se o mesmo verificado em espaço público, após o término do período de funcionamento em causa, a administração do Grupo K, proprietário deste espaço noturno, vem esclarecer o seguinte:

 

 

– Com mais de 30 anos de atividade neste setor, empregabilidade, enorme respeito pelos seus clientes, permanente investimento, inovação, e constante formação dos recursos humanos, lamentamos e condenamos veementemente qualquer ato de violência como aquele que infelizmente aconteceu na madrugada do dia 1 de novembro, nas imediações da discoteca Urban Beach. Nos ambientes de diversão noturna verificam-se, por vezes, a transformação e alteração do comportamento cívico e social das pessoas, que, sem razão aparente, provocam conflitos. A resposta preconizada junto dos responsáveis que zelam pela segurança no interior dos espaços privados ou públicos jamais deverá recorrer a atos de violência. Neste sentido, o Grupo K não defende nem apoia qualquer tipo de procedimentos agressivos por parte dos seus trabalhadores ou colaboradores e antes alerta e insiste para a necessidade de uma maior vigilância e segurança pública, nomeadamente nas imediações de espaços de diversão noturna e de outros serviços que se encontram próximos, nomeadamente parques de estacionamento e roulottes.

 

 

– Perante a gravidade do incidente, a administração do Grupo K, deliberou já ontem (3 de novembro), rescindir por justa causa e com efeitos imediatos desde essa data o contrato que mantinha com a empresa PSG, uma vez que essa empresa deixou de reunir as necessárias condições de zelo, ética e responsabilidade que o Grupo K exige a todos as empresas e fornecedores com quem trabalha;

 

 

– O Grupo K, desde o primeiro momento em que teve conhecimento dos factos, manifestou total disponibilidade, que mantém e continuará a manter, para colaborar com as autoridades envolvidas neste processo no sentido de apurar cabalmente todas as responsabilidades e acautelar os direitos e os postos de trabalho dos cerca de 100 trabalhadores e das suas famílias da discoteca Urban Beach.

 

 

– No dia 6 de novembro, o Conselho de Administração do Grupo K, irá novamente reunir com a comissão de trabalhadores para proceder a uma nova avaliação da situação e estabelecer medidas de proteção dos direitos dos mais de 200 trabalhadores do Grupo K.

A Administração

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Notícia publicada a 05/11/2017


About the author /


Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

_