The Beach Boys desvendam novidades em “1967 – Sunshine Tomorrow”

the beach boys

the beach boys

 

Os The Beach Boys supervisionaram pessoalmente o processo criativo para um novo duplo CD, “1967 – Sunshine Tomorrow”, que será lançado mundialmente a 30 de junho, ficando também disponível em formato digital. “1967 – Sunshine Tomorrow” conta com a nova e inédita mistura em stereo do álbum “Wild Honey”, de 1967, pelos produtores Mark Linett e Alan Boyd, e abre também o arquivo dos The Beach Boys, estreando 54 raridades de 1967, precisamente 50 anos depois de terem sido gravadas. Algumas gravações inéditas desta coletânea incluem o álbum ao vivo do grupo, “Lei’d in Hawaii”, que na altura foi arquivado, gravações das sessões de estúdio de “Wild Honey” e “Smiley Smile”, e várias gravações de concertos entre 1967 e 1970. A nova mistura em stereo de “Wild Honey” será também lançada em vinil de 180 gramas, numa edição comemorativa do 50.º aniversário, a 30 de junho.

 

 

“1967 – Sunshine Tomorrow” mergulha numa capítulo fascinante e frenético do arco criativo inovador dos The Beach Boys, explorando um ano dinâmico para a banda em estúdio e em digressão. A última sessão de estúdio para o então arquivado álbum “SMiLE” teve lugar a 18 de maio de 1967, com as sessões para o álbum “Smiley Smile” marcadas para o novo estúdio caseiro de Brian Wilson, entre 3 de junho e até o fim de julho. Os 12.º e 13.º álbuns de estúdio da banda foram lançados com uma pausa de três meses entre eles, de forma a abranger todo o trabalho feito em estúdio: “Smiley Smile” saiu a 18 de setembro, tendo-se seguido “Wild Honey” a 18 de dezembro.

 

 

Queria ter um ambiente caseiro que permitisse que gravássemos na minha casa”, recorda Brian Wilson no texto que acompanha “1967 – Sunshine Tomorrow”. “Queria tentar algo diferente, algo novo. Produzi o ‘Smiley Smile’, mas o Mike inspirou-me. Ele disse-me: ‘Brian, vamos fazer um álbum bom e descontraído’. Tivemos um engenheiro de som que converteu a minha arrecadação num estúdio.” 

 

 

Em 1976, numa análise aos álbuns de 1967, o crítico do “Village Voice”, Robert Christagu, elogiou “Wild Honey”, tendo escrito: “É um prazer perfeito e completo. Corresponde ao que se espera dele sem quase ter um mau segundo.” 

 

 

Os The Beach Boys continuam a ter o recorde da Billboard / Nielsen SoundScan da banda americana com mais álbuns e singles vendidos, além de serem o grupo americano com mais êxitos no Billboard Top 40, mais precisamente 36. “Good Vibrations” foi incluída no Grammy Hall of Fame em 1994. “Sounds of Summer: The Very Best Of The Beach Boys” atingiu tripla platina e “The SMiLE Sessions”, lançado com grande aclamação crítica em 2011, foi eleita a Melhor Reedição do Ano pela Rolling Stone e conquistou um Grammy Award para Melhor Álbum Histórico. 

 

 

Tendo sido incluídos no Rock and Roll Hall of Fame em 1988, e de terem recebido o The Recording Academy’s Lifetime Achievement Award, os The Beach Boys são uma muito querida instituição americana que mantém o seu estatuto icónico em todo o mundo.

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Notícia publicada a 19/06/2017

Tagged with:    

About the author /


Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

_