“Do Bosque para o Mundo” vai explicar a crise dos refugiados às crianças no Centro Cultural Vila Flor

centro-cultural-vila-flot

centro-cultural-vila-flot

 

 

 

Nos dias 13 e 14 de outubro, o Serviço Educativo do Centro Cultural Vila Flor (CCVF) vai apresentar o espectáculo “Do Bosque para o Mundo”, de Inês Barahona. Esta peça é dirigida a crianças a partir dos 10 anos e foi criada a partir de um dos grandes temas da realidade, a crise dos refugiados.

 

 

Começámos à procura de histórias que fossem contadas na primeira pessoa, de crianças refugiadas e ficámos tão envolvidos pelo tema que achámos que era sobre isto mesmo que tínhamos de falar“, conta Miguel Fragata, o encenador desta peça.

 

 

Esta peça conta com a encenação de Miguel Fragata e vai tentar explicar às crianças a crise dos refugiados. O cenário é feito de malas de viagem e um grande mapa da Europa que retrata a viagem dos irmãos Farid e Reza, dois irmãos naturais do Afeganistão mas que foram para Inglaterra.

 

 

 

Interessava-nos dar a conhecer esta realidade e abrir espaço para que adultos e crianças possam falar sobre este tema, que está tão próximo e presente na nossa realidade, aqui ao lado, e muitas vezes sentimos que há uma pressão para esconder debaixo do tapete. O que nos interessa é levantar esse tapete“, continua Miguel Fragata.

 

 

 

“Do Bosque para o Mundo” gira em torno de Farid, um refugiado afegão que vai confrontar o público com a dureza dos factos pelos quais passou, realçando a coragem humano e fazendo-nos pensar sobre o mundo em que vivemos. Esta é a história de um rapaz que entre a vida e a morte nos faz pensar sobre o mundo que partilhamos.

 

 

 

É uma história que crianças e adultos devem ver reflectir. Nesta peça são explicados conceitos como tráfico, asilo ou as regras e leis dos países europeus.

 

 

 

No dia 13, sexta-feira, vão ser realizadas duas apresentações para escolas (às 10:30 e às 15:00) e no dia 14, às 16:00, a sessão vai ser destinada às famílias. Os bilhetes já se encontram disponíveis para venda nos locais habituais.

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Notícia publicada a 09/10/2017


About the author /


Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

_