“Brinquedos para Ícaro” no Museu Quinta de Santiago

 

 

 

A criadora da Bienal de Arte de Havana, Llilian Llanes, convocou perto de duas centenas de artistas para decorarem outros tantos leques. O resultado é uma colecção delicada e extravagante, reunindo trabalhos de pintores, fotógrafos, desenhadores, gravadores e escultores, a qual poderá agora ser vista pela primeira vez em Portugal, no Museu da Quinta de Santiago, em Leça da Palmeira, Matosinhos, entre os dias 18 de Maio a 9 de Setembro.

 

“Brinquedos para Ícaro – Leques da colecção de arte contemporânea Boti Llanes” reúne trabalhos de artistas cubanos de várias gerações, estilos e poéticas, entre os quais se contam nomes como os de Alfredo Sosabravo, Manuel Mendive, Roberto Fabelo, Rene Francisco Rodríguez, Eduardo Ponjuán, Jose M. Fors y Pedro de Oraa, todos vencedores do Prémio Nacional de Artes Plásticas de Cuba. Outros, como os argentinos León Ferrari e Alejandro Puente, juntaram-se também a este processo de reinvenção dos abanicos enquanto suporte artístico.

 

Transformando os velhos leques em obras de arte, a colecção de Llilian Llanes passou já por países como a Espanha, o Uruguai, a Argentina ou a República Dominicana. Em Matosinhos, a exposição será complementada por um conjunto de leques centenários que pertenceram à antiga proprietária da Quinta de Santiago, Maria Carolina Magalhães, hoje à guarda do Museu Alberto Sampaio, de Guimarães.

 

Outrora objectos intrinsecamente utilitários, num tempo ainda sem ventoinhas eléctricas ou máquinas de refrigeração, os leques da colecção reunida pela curadora cubana são verdadeiras obras de arte contemporânea, retratando temas quotidianos e mitos, paisagens e situações dramáticas, irónicas ou eróticas. Mais do que qualquer pretensão estética, o que mais sobressai é, todavia, a relação harmoniosa que os artistas estabeleceram entre a natureza amável do suporte e os meios usados para a intervenção.

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Notícia publicada a 14/05/2018


About the author /


Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

_