Damas celebra o seu 2º aniversário

Damas B'day GIF

Damas B'day GIF

 

O Damas é um restaurante/bar/sala de concertos que se situa no nrº 60 da Rua Voz do Operário, na Graça, em Lisboa. Este espaço celebra no dia 24 de Abril, segunda-feira, o seu segundo aniversário com uma festa que começa às 18:00 e se prolonga até às 06:00, com concertos e dj sets. 

 

 

A festa começa com o Dj Set de Pega Monstro. As manas Júlia e Maria Reis regressam ao pratos das Damas para aquele encantamento boa onda do final de tarde. Gente com ouvido em sintonia com esse estado de torpor feliz, a passear pela delicadeza e contágio salutar das grandes canções que vão do punk e do rock aos girl groups ou a r&b.

 

 

O set de Dj continua com Nuno Dias e Xico da Ladra. Estas duas figuras icônicas da festa na cidade juntam-se atrás da mesa de mistura para abrir a pista das Damas com toda aquele espírito de exaltação sem barreiras que o Frank Gallagher apregoava no “Shameless”. Sem o lado ácido da coisa. Apenas a felicidade da música.

 

 

Os Caveira regressam nesta noite de celebração para mais um concerto. Capitaneados pela guitarra em expressão tumultuosa de Pedro Gomes, este grupo é de um lirismo electrificado, num ruminanço infinito por entre os blues e o free jazz alinhados em espírito o baixo estrepitoso de Miguel Abras, a bateria expansiva de Gabriel Ferrandini e o sopro vital de Pedro Sousa.

 

 

O Djumbai Djazz é com a justiça da palavra que vai passando de boca em boca um dos mais acarinhados combos a actuar com sapiência na revitalização da música tradicional guineense, Djambadom ou Ngumbe. Pesquisa pura que se confunde com celebração, naquilo que estas coisas têm de mais galvanizador, sincero e profundamente vital.

 

 

Para finalizar, nada melhor que o trio que deu as boas-vindas ao ano de 2017 no espaço. O Dj Snifferdog, o Dj Khabal e Nuno Bernardino acumulam saber, energia e direcção com voz própria, num diálogo continuamente aberto por entre a história e o presente mais lindo e fascinante da música de dança. Como que a encarnar a máxima que “if I can’t dance, I don’t want your revolution”.

 

 

A entrada para esta festa de toda a família do Damas é livre.

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Notícia publicada a 19/04/2017

Tagged with:    

About the author /


Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

_