Depois dos incêndios: “Cine’Eco Seia prossegue, mas sem festa”

cine'eco

cine'eco

 

 

Portugal está em sofrimento com os incêndios ocorridos esta semana. Seia foi dos sitios mais atacados. Nesta localidade decorre o festival de cinema “Cine’Eco”. Transcrevemos abaixo o comunicado da direcção do festival, que decidiu manter a programação, mas sem  a festa prevista…

 

 

 

“A região Centro e Norte do país conheceu um dos seus dias mais trágicos com o flagelo dos fogos que lavraram neste mês de outubro atipicamente quente e ventoso. Quando ainda saramos as feridas do outro trágico fogo do mês de agosto que vitimou 64 pessoas num dia.

Neste momento de dor, curvamo-nos perante a memória das vítimas mortais e desalojadas, num clima de desolação e consternação.

Viveram-se dias de guerra em tempo de paz.

Seia foi um dos concelhos bastante afetado e não há memória de cenários dantescos, de pânico e de terror, pela fúria do fogo.

Uma tragédia ocorrida no segundo dia do festival de cinema de temática ambiental. E, por isso, o festival CineEco foi suspenso de imediato em memória das vítimas. Assim como, suspenso ficou o ambiente de festa que era suposto acontecer.

Contudo, e apesar desse ambiente de consternação, a direção do festival decidiu manter as sessões que estavam previstas, porque nos filmes em exibição se enaltece a necessidade de mudança para um mundo melhor. Porque os filmes exibidos alertam precisamente para o fenómeno das alterações climáticas, do aquecimento global e da necessidade de mudanças.

O festival cumpre serviço público e presta relevante contributo educativo em matéria ambiental, por isso, o melhor contributo nesta hora é dar expressão aos gritos de alerta que os filmes dão.

É difícil prosseguir em pleno campo de batalha a missão de alertar para a necessidade de mudança na relação do homem com a natureza. É o que acontece em Seia, entre escombros e dor, prosseguimos com a realização do CineEco, em homenagem aos que foram vitimas desta tragédia e em reconhecimento pela solidariedade prestada pelos convidados que vêm de vários países do mundo.

Sem festa, mas com redobrado serviço de missão, prossegue esta 23ª edição do CineEco, com a exibição de filmes que podem ajudar a mudar-nos e a mudar o mundo!

 

Seia, 18 de outubro de 2017

A Direção do Festival

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Notícia publicada a 18/10/2017


About the author /


Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

_