Exposição “Fikl. Portuguese Storylines” no Palácio Nacional da Ajuda

Cartaz Fikl. Portuguese Storylines

Cartaz Fikl. Portuguese Storylines

 

No âmbito da celebração de 100 anos de relações diplomáticas luso-romenas, a Embaixada da Roménia, o Instituto Cultural Romeno, a Fundação Bonte e a Direção Geral do Património Cultural apresentam a exposição “Fikl. Portuguese Storylines” de Gheorghe Fikl, entre 16 de maio e 31 de agosto, no Palácio Nacional da Ajuda.

 

 

Gheorghe Fikl é um dos mais conceituados artistas romenos contemporâneos. Munido de uma mestria pictórica exemplar, Fikl cria um universo visual sumptuoso e perturbador através de uma série de composições com vários revestimentos simbólicos em que animais angustiantes e de grande porte – touros, pavões, cães e ovelhas – são estranhos ocupantes de espaços surrealistas, com um hedonismo violento e trágico, que proporciona tantos outros contextos de reflexão sobre a condição humana em tempo pessoal e histórico.

 

 

A justaposição de objetos encontrados, impressões, intervenções de pintura e fotografia despertou em Fikl um interesse particular pelas composições inesperadas e desestabilizadoras, pelo forte contraste associativo. E atualmente, esta é uma marca inconfundível da sua criação, em constante e subtil evolução.

 

 

Nas palavras de Ileana Pintilie, curadora de Fikl. Portuguese Storylines, “Fikl pinta com facilidade, com o prazer e a naturalidade de quem se entrega, numa paixão contida, dissimulada entre gestos de amor pelos objetos sumptuosos, portadores de identidade espiritual; pelos lugares e paisagens, que na alma lhe ficaram. As suas pinturas aparecem como cortes de um mundo escondido irreal, do além. As fastuosas composições parecem saídas de um sonho que se desenrola repetidamente nos mesmos lugares.”

 

 

Aberta ao público a partir de 16 de maio, no Palácio Nacional da Ajuda, em Lisboa, e parte integrante do programa ARCO Lisboa, a exposição reúne pinturas de tamanho monumental e obras digitais de importantes coleções privadas (coleção da Fundação Bonte, do Príncipe Carlos de Gales, entre outras), que serão apresentadas em Lisboa graças ao apoio oferecido pelo colecionador Alain Bonte.

 

 

A exposição estará aberta todos os dias, das 10h00 às 18h00 (última entrada às 17h30). À quarta-feira, o Palácio Nacional da Ajuda encontra-se encerrado.

 

 

 

Gheorghe Fikl é um dos mais impressionantes artistas romenos contemporâneos pela crescente valorização do seu trabalho e interesse por parte dos colecionadores. Estudou na Universidade de Arte e Design de Cluj-Napoca (Roménia) e na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Oeste de Timisoara, sua cidade natal, tendo-se graduado em 1998 com uma tese que se encontra, desde essa altura, em exposição permanente naquela Faculdade. Incentivado pelo Professor Romul Nuţiu, Fikl formou-se inicialmente na área da experimentação e instalação, com trabalhos inovadores em técnicas mistas, de grande originalidade de ideia e de execução. Com exposições individuais de pintura e fotografia em Timisoara (incluindo a mais recente, no Museu Nacional de Arte, que contribuiu de forma decisiva para a candidatura vencedora da cidade a Capital Europeia da Cultura), Bucareste, Luxemburgo e Nova Iorque, Gheorghe Fikl destacou-se em leilões com transações valiosas, tendo, desta forma, entrado em importantes coleções privadas na Roménia, EUA, Portugal, Grã-Bretanha (incluindo a coleção do Príncipe Carlos de Gales), França, Andorra, Luxemburgo, Alemanha. Vive e trabalha em Timisoara, Roménia. Desde 2016 o artista é representado pela galeria AnnArt.

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Notícia publicada a 09/05/2017


About the author /


Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

_