“O Último Salazarista, A Outra Face de Américo Thomaz” lança uma nova luz sobre o último Presidente da República do Estado Novo

O_ultimo_salazarista

O_ultimo_salazarista

 

“O Último Salazarista, A Outra Face de Américo Thomaz”, é uma obra do jornalista e investigador, dedicado à comunicação no Estado Novo, Orlando Raimundo. Esta obra foi colocada hoje à venda pela Dom Quixote. O antigo Presidente da República é recordado como uma figura patética: o caricato “corta-fitas” do regime fundado por Salazar com o apoio dos militares. Américo Thomaz é relembrado por cometer gafes e falar muito lento.

 

 

Bastará, porém, acompanhar a biografia que lhe traça o jornalista Orlando Raimundo para perceber que essa é uma perspectiva manifestamente redutora e que o seu papel como facilitador das manobras da ditadura ao longo de quase 40 anos de vida política teve consequências bastante mais nefastas do que as anedotas que sobre ele se contam fariam adivinhar.

 

 

Muitos são os episódios onde Américo Thomaz participou e onde a sua intervenção foi determinante, como no caso em que traiu o general Botelho Moniz, fazendo abortar o golpe que iria derrubar Salazar ou no momento em que obrigou Marcello Caetano a assumir o compromisso solene de não abrir mão das Colónias.

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Notícia publicada a 19/04/2017


About the author /


Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

_