A Presença das Formigas e Cláudia Aurora distinguidos nos World Music Charts Europe

_V7F0221 bw

_V7F0221 bw

 

A Presença das Formigas foi o único grupo português a ser distinguido no ranking anual dos melhores álbuns de 2016 dos World Music Charts Europe.

 

De entre um total de 854 discos nomeados, “Pé de Vento” ficou posicionado em 145º lugar, sob o selo da editora alemã CPL. Esta selecção musical é feita exclusivamente por produtores e apresentadores de programas de rádios, de 24 países europeus, dedicados à divulgação de músicas do mundo.

 

 

As outras referências portuguesas vão para o 5º lugar de “Konono Nº1 meets Batida”, o álbum gravado na garagem do luso-angolano Pedro Coquenão (Batida) e editado pela casa belga Crammed Discs; e a fadista Cláudia Aurora, residente no Reino Unido, com o seu disco “Mulher do Norte” em 74º lugar, editado pela inglesa Red Orange Recordings.

 

 

Os álbuns “Mulher do Norte” de Cláudia Aurora e “Kanamalu” de Kimi Djabaté, ambos editados a 10 de Junho de 2016 (Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas) pela editora inglesa Red Orange Recordings, estão na lista dos 100 melhores discos de 2016 da World Music Charts Europe, respectivamente nos lugares #74 e #82.

 

 

Foram nomeados um total de 854 discos e “Mulher do Norte” de Cláudia Aurora foi o segundo melhor disco em 2016 de um artista de Portugal (o melhor foi a colaboração de Batida com Konono No 1), enquanto “Kanamalu” de Kimi Djabaté foi o melhor álbum em 2016 de um artista da Guiné-Bissau.

 

 

A lista foi elaborada por Johannes Theurer, em nome da World Music Workshop da European Broadcasting Union, a partir das playlists de 46 produtores de rádio em 24 países europeus.

 

 

Pode encomendar ambos os discos aqui.

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Notícia publicada a 07/12/2016

Tagged with:     ,

About the author /


Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

_