Sugestões do Teatro Tivoli BBVA

Tivoli 01

 

 

A segunda metade do ano promete no teatro Tivoli BBVA. Vários vão ser os espectáculos/concertos que poderão ser vistos nesta mítica sala de espectáculos lisboeta nos meses de Agosto e Setembro.

 

 

 

“Tasting Fado” pode ser visto de quarta-feira a sábado, pelas 19:00, no sótão do teatro Tivoli BBVA. Este espectáculo oferece o que a cidade tem de melhor: uma visita ao teatro, monumento nacional e considerado um dos mais belos edifícios da Lisboa cultural, o cenário mais adequado a esta vivência genuinamente nossa onde fadistas e músicos o conduzirão pela essência de ser português apreciando o Fado no seu todo, animadamente acompanhado por um copo de Vinho do Porto e um pastel de nata.

 

 

 

Em Setembro, o teatro vai receber nos dias 13 e 14 de Setembro, pelas 10:30, as semifinais da Genée Internacional Ballet Competition, onde participam jovens bailarinos de todo o mundo.  Os candidatos têm a exclusiva oportunidade de trabalhar com coreógrafos  e professores de renome internacional durante cinco dias antes da competir pelas medalhas e por outros prémios na grande final, que vai acontecer no Teatro Camões no dia 16 de Setembro, pelas 20:00. Os Juízes deste ano são a Dame Monica Mason, anterior Directora do The Royal Ballet e Christopher Hampson, Director Artístico do Scottish Ballet.

 

 

 

Nos dias 16 e 17 de Setembro, pelas 21:00, Adriana Queiroz vai visitar os 30 anos de carreira de Kurt Weill. Este concerto percorre os três países e idiomas que Weill abraçou como seus, não foge à inerente teatralização de que vivem os seus temas, repensa as suas dissonâncias, ilumina a realidade desses temas e das suas histórias recriando no seu mundo a nossa verdade sonora e emocional.

 

 

 

A 23 de Setembro, pelas 21:30, estreia o musical que canta  a vida e carreira de Simone de Oliveira. Amada por todos, Simone de Oliveira é sinónimo de força, autenticidade e coragem. Artista completa, na sua carreira abraçou mais de sete ofícios, fazendo sempre frente aos desafios que a vida lhe lançou. Sem temer, ou temendo muito, desbravou caminhos e fez-se ouvir numa sociedade adversa às mulheres com voz. Foi jornalista, locutora de continuidade, apresentadora de concursos e programas de televisão e rádio quando a voz, possante e enérgica, a fintou. Lutou e sobreviveu; regressou às canções que a notabilizaram, aos poetas controversos a cuja obra cedeu a alma, aos palcos que a amavam como cantora e actriz, ao público que aplaudia a Artista e a Mulher. Aos 79 anos,

 

 

 

Simone de Oliveira ainda tem sonhos por concretizar e muitas memórias para partilhar. A partir de temas icónicos como “Desfolhada”, “Sol de Inverno”, “Esta Palavra Saudade” e “Tango Ribeirinho”, Simone vai desvendar-se e, mais uma vez, entregar-se publicamente pelo que acredita, pelo que sente como destino, pelo que a torna um exemplo acarinhado por todos os portugueses. “Simone, O Musical” é muito mais que um musical em nome próprio, onde a sua história, recheada de personagens como Varela Silva, Ary dos Santos, Carlos do Carmo e David Mourão Ferreira, é pautada pela música e humor. Ao lado de FF, José Raposo, Maria João Abreu, Marta Andrino, Pedro Pernas, Ruben Madureira, Sissi Martins e Soraia Tavares, Simone tem encontro marcado com todos nós nos Teatro Tivoli BBVA e Coliseu Porto, a partir de Setembro.

 

 

 

“Tape Face” é um Stand-Up sem conversa, um teatro sem palavras que pode ser visto no teatro Tivoli BBVA nos dias 25 e 26 de Setembro, pelas 21:30. Vindo de uma temporada esgotada em Las Vegas, uma tour pelos Estados Unidos e representações no West End de Londres, Tape Face chega a Lisboa para duas noites surpreendentes.

 

 

 

Fiéis a si próprios, os Luar na Lubre celebram no dia 27 de Setembro, pelas 21:30, 30 anos de divulgação da cultura e música galegas. Fiéis a si próprios, poderemos contar com versões únicas de músicas tradicionais galegas e com os seus clássicos que, apropriando-se das raízes da sua região, as levam por novos caminhos. Com início em 1986, a banda formou-se com o objectivo de desenvolver e dar a conhecer a música e a cultura galegas. Desde então, já tocaram nos principais festivais de música do mundo, sendo a banda mais internacional da Galiza, e contam com mais de trezentos mil discos vendidos.

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Notícia publicada a 01/08/2017

Tagged with:    

About the author /


Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

_