29 acampamentos ilegais foram detectados em Grândola

 

 

O Comando Territorial de Setúbal, através do Núcleo de Proteção Ambiental de Grândola e do Posto Territorial de Grândola, ontem, dia 16 de Setembro, realizou uma operação de fiscalização a um acampamento ocasional, na Lagoa de Melides.

Os acampamentos ocasionais necessitam de licenciamento por parte da Câmara Municipal, sendo que, na Lagoa de Melides tem-se constatado a presença contínua de acampamentos, o que coloca em causa a fauna e flora dessa região, devido ao tempo de permanência nos locais e devido ao lixo causado e deixado pelos utilizadores, sendo que o tempo de permanência tem implicações na vegetação, colocando em causa o ecossistema.

Na sequência da operação, foram fiscalizados 29 acampamentos ocasionais, ocupados por 65 indivíduos, e elaborados os respectivos autos de contra-ordenação por acampamento ocasional ilegal, em que a infração é punível com uma coima até 200 euros.

Esta acção contou ainda com o apoio do Destacamento de Intervenção de Setúbal e da Câmara Municipal de Grândola.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.