3 carteiristas detidos em Lisboa. Julgamento a 24 de Janeiro

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Investigação Criminal, no dia 15 de Janeiro, pelas 16:00, na freguesia de Santa Maria Maior, procedeu à detenção de duas mulheres e um homem, com idades entre os 33 e 35 anos, por furto de carteira a um turista, seguido de várias burlas informáticas que se seguiram ao uso ilegítimo do cartão de crédito da vítima para vários levantamentos no multibanco.

O lesado foi cercado pelos três carteiristas que lhe abriram discretamente a bolsa que tinha a tiracolo, apropriando-se da carteira que estava no seu interior.

Assim, enquanto um polícia abordava a vítima, os outros seguiram os carteiristas, vindo então a detê-los em flagrante, tendo recuperado os 600 Euros provenientes dos três levantamentos, a carteira avaliada em 200 Euros e ainda 210 Euros em numerário que estavam no seu interior, totalizando a quantia de 1010 Euros em bens/valores desapossados à vítima, os quais lhe foram prontamente restituídos.

A detenção deu-se logo após os três carteiristas terem feito três levantamentos de 200 Euros numa caixa multibanco ali existente, sendo de imediato interceptados pelos polícias da PSP orientadas para o combate a este tipo de fenómeno criminal.

Apurou-se que os três detidos estavam já indiciados por este tipo de crime, tendo as duas suspeitas histórico de condenações por furtos de carteiras.

Os três carteiristas foram presentes no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa, ficando agendado o julgamento para dia 24 de Janeiro do presente ano.

A PSP continuará a dedicar especial atenção a este fenómeno criminal, envidando esforços múltiplos no sentido de conter a sua propagação na malha central de Lisboa, sobretudo em zonas preferencialmente turísticas, procedendo, como no caso, à detenção de grupos de autores que se dedicam em exclusivo a esta prática criminal, juntando-se a outras dezenas de suspeitos já detidos nos últimos meses.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.