3 detidos com 50 Kg de Haxixe, em Lisboa

 

 

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão Policial de Cascais, no dia 28 de Março, pelas 05:30, na zona de Benfica, em Lisboa, e na zona de Pero Pinheiro, em Sintra, procedeu à detenção em flagrante delito, de 3 homens, dois deles de nacionalidade estrangeira, com idades compreendidas entre os 20 e os 41 anos, por os mesmos serem suspeitos da prática do crime de Tráfico de Estupefaciente.

Na sequência de uma ocorrência de desentendimentos entre grupos rivais de traficantes, desenvolveu-se uma operação policial, onde foi possível a identificação e detenção de dois dos suspeitos, que se faziam transportar em veículo automóvel, na zona de Benfica, em Lisboa, tendo de imediato sido detectado e apreendido no interior da referida viatura, um saco contendo diversas placas e bolotas de haxixe.

Nessa sequência foi dado cumprimento a 4 mandados de busca e apreensão emitidos pela Autoridade Judiciária (3 a residências e 1 a viatura).

Aquando do cumprimento dos mandados de busca e apreensão, na zona de Pero Pinheiro, foi identificado e detido o terceiro suspeito, o qual ainda tentou a fuga. Este tinha a função de vigia/guarda do produto estupefaciente, que entretanto acabaria por ser encontrado.

Em resultado da intercepção dos suspeitos e das buscas entretanto efectuadas, foi possível apreender o seguinte:

51 quilos de Haxixe (placas e bolotas);

4.000,00 Euros em notas do BCE;

1 revolver Smith & Wesson 38;

5 munições de calibre .38;

1 viatura ligeiro de passageiros;

Diversos telemóveis e dezenas de cartões SIM.

Entre outros objectos directamente relacionados com o ilícito em questão.

De referir ainda que relativamente aos dois detidos de nacionalidade estrangeira, após contacto com o Serviço de Estrangeiros e Fronteira, verificou-se que os mesmos se encontram em situação irregular em território nacional.

Os detidos foram presentes no Tribunal da Comarca de Lisboa Oeste- Sintra, para 1.º interrogatório judicial, tendo-lhes sido aplicada a medida de coação de Prisão Preventiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.