“90 Days To Wed: Before the 90 days” vai trazer relações à distância

tlc

 

As relações à distância vão ser a temática principal de “90 Days To Wed: Before the 90 days”, que estreia no dia 23 de Outubro, às 19:10, no TLC.

 

 

Num mundo cada vez mais globalizado e onde a comunicação digital assume um papel cada vez mais preponderante, paixões pela internet (capacitadas através de várias App’s e sites de encontros) e relações à distância são algo de cada vez mais comum e existem pessoas que atravessam meio mundo para conhecerem pessoalmente a pessoa pela qual se apaixonaram.

 

 

 

“90 Days To Wed: Before the 90 days” vai examinar de perto estes relacionamentos que começam numa esfera virtual mas quando passam para a realidade transformam-se em algo bem diferente. Este programa vai seguir a jornada de casais que têm apenas 90 dias para se casarem antes que o visto de permanência nos Estados Unidos termine.

 

 

 

Mas este não é o único obstáculo que vão ter que ultrapassar. Diferenças de idade, barreiras linguísticas e culturais vão pesar muito nas relações dos casais Darcey e Jesse (Conheceram-se numa app de encontros e Darcey, de 42 anos, apaixonou-se de imediato por Darcey, de 24 anos e residente em Amesterdão), Paul e Karine (Paul, do Kentucky, conheceu Karine, do Brasil, numa app de encontros para raparigas latinas. Não falam a mesma língua mas comunicam através de mensagens traduzidas), Sean e Abby (o americano Sean conheceu Abby, do Haiti, num site de encontros e durante meses trocaram mensagens. Ele está disposto em pedi-la em casamento mas ela ainda é muito amiga do ex. namorado) e Larry e Jenny (Larry, da Florida, vai visitar Jenny, nas Filipinas. Durante esta visita vai descobrir algo que vai fazer com que coloque em caixa as verdadeiras intenções da jovem Jenny).

 

 

 

“90 Days To Wed: Before the 90 days” estreia no TLC no dia 23 de Outubro, às 19:10.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.