Aeroporto de Faro atinge reservas de emergência e fornecimento de combustível está suspenso

 

 

Na sequência da greve dos motoristas de matérias perigosas, ANA Aeroportos de Portugal informou que no Aeroporto de Faro já foram atingidas as reservas de emergência, estando o fornecimento de combustível suspenso, pelas empresas petrolíferas, desde ontem à noite.

Segundo o comunicado que nos foi remetido “no Aeroporto Humberto Delgado prevê-se a mesma interrupção de abastecimento de combustível, pelas empresas petrolíferas, a partir de hoje às 12H00.

A ANA refere ainda que “não tendo sido assegurados os serviços mínimos, e em função do tempo necessário para a requisição civil ter efeitos práticos, os nossos aeroportos podem ter disrupções de serviço ao nível operacional.

Os passageiros com voos nos aeroportos de Lisboa e Faro devem informar-se junto das companhias aéreas.

A ANA, sendo totalmente alheia a esta situação, lamenta o transtorno causado aos passageiros e espera que a situação seja resolvida com a máxima urgência pelas autoridades competentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.