Águeda: Apreensão de cerca de três toneladas de bivalves

A Unidade de Controlo Costeiro (UCC), através do Destacamento de Controlo Costeiro de Matosinhos, durante a noite de ontem, dia 2 de Julho, apreendeu 2 862,5 quilos de amêijoa-japonesa, com o valor estimado de 25 758 euros, no concelho de Águeda.

Durante uma acção de fiscalização rodoviária orientada para a verificação e controlo do transporte de pescado fresco e moluscos bivalves, os militares da Guarda detectaram um veículo de mercadorias que transportava amêijoa-japonesa, Ruditapes Philippinarum, sem que tivesse quaisquer documentos que comprovassem a sua origem, originando a sua falta de rastreabilidade e, consequentemente, a possibilidade de se constituírem um perigo para a saúde pública.

Foi identificado um homem, de 41 anos, e elaborado o respectivo auto de notícia por contra-ordenação, devido ao transporte de espécies bivalves por falta de rastreabilidade, que constitui uma infracção punível com coima máxima de 37 500 euros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.