Algarve: Detido por transbordo de droga no Rio Guadiana

A Unidade de Controlo Costeiro (UCC), através do Subdestacamento de Controlo Costeiro de Vila Real de Santo António, ontem, dia 18 de Junho, deteve um homem de 32 anos, com 21 quilos de haxixe na sua posse, na margem do Rio Guadiana.

No âmbito de uma acção de vigilância que visava o controlo da fronteira marítima, através da monitorização das embarcações no Rio Guadiana, os militares da Guarda detectaram uma embarcação de recreio, que navegou até à margem portuguesa e terá passado dois volumes para dois indivíduos que se encontravam em terra. Após a transacção, a embarcação referenciada dirigiu-se para a margem espanhola. Os militares da Guarda encetaram diligências policiais para abordar os suspeitos, que, perante a presença da GNR, abandonaram o produto estupefaciente, dissimulando-o na vegetação. O produto estupefaciente apreendido contabilizava um total de 42 mil doses diárias, que após a venda, poderia render um valor estimado que ultrapassa os 120 mil euros.

Mais tarde, quando os dois indivíduos vieram recolher os volumes de haxixe e foram abordados pelos militares da GNR, tentaram encetar a fuga. No entanto, um deles foi interceptado momentos depois, tendo ainda na sua posse 758 euros em numerário. O homem foi detido e encontra-se nas instalações da GNR até ser presente ao Tribunal Judicial da Comarca de Faro durante o dia de hoje.

Relembramos que se trata da quarta detenção deste Subdestacamento de Controlo Costeiro da GNR no decorrer do mês de Junho, depois de já ter detido três indivíduos nas proximidades, nos passados dias 5 e 8 de Junho, por se encontrarem na posse de 2,3 quilos de cannabis, um quilo de haxixe e 32 gramas de cocaína, após a detecção do transbordo de volumes a partir de embarcações suspeitas, provenientes de Espanha e que encostam à margem portuguesa do Rio Guadiana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.