Álvaro Covões e Harry Potter The Exhibition: “Queremos que os turistas repitam a visita e fiquem mais tempo”

 

Foi hoje apresentada à imprensa a exposição Harry Potter, que estará patente no Pavilhão de Portugal, a partir de 16 de Novembro.

Nesta exposição poderá desfrutar de 1.500 metros quadrados, onde é possível usufruir de ambientes dramáticos e fantásticos, inspirados e recriados nos cenários das filmagens de Hogwarts™, tais como: o Great Hall, a cabana de Hagrid e a sala comum de Gryffindor™.

Conta ainda com adereços e trajes mais icónicos dos filmes de Harry Potter. São convidados a entrar na área Quidditch™ e a lançar a Quaffle, é possível puxar a Mandrágora, visitar a cabana de Hagrid e encontrar criaturas mágicas, como as Buckbeak e a aranha gigante Acromantula. Pelo caminho é ainda possível ver objectos utilizados na saga de Harry Potter, incluindo a varinha e os óculos do Harry, trajes do baile Yule e muito mais.

Em declarações ao Infocul, Álvaro Covões, o director da Everything is New quando questionado se o mundo das grandes exposições era a nova aposta da produtora, disse que “já andamos nisto há muitos anos. Não temos feito mais exposições porque em Portugal ainda temos, infelizmente, uma necessidade imensa de galerias de exposições temporárias, tanto em Lisboa como no Porto”.

Para Álvaro Covões “precisamos, não de mais uma, mas de duas ou três para que agentes culturais, como a Everything is New, possam trazer ou organizar mais exposições. Porque também há muito que fazer em Portugal, tanto com artistas contemporâneos, como Museus ou coleccionadores privados. Portanto temos um mundo de oportunidades, faltam é infraestruturas. A última galeria de exposições contemporâneas que se construiu em Lisboa foi o CCB, há 25 anos, e o CCB está neste momento entregue à Colecção Berardo. No Porto, foi Serralves, há 20 anos, e que tem uma gestão própria e não é um espaço aberto aos agentes culturais externos”.

Acrescentou ainda de que “é algo que necessitamos, temos de aumentar a oferta cultural para os portugueses e para os estrangeiros, porque não basta sermos um destino turístico de excelência se não tivermos conteúdos. Só com hotéis e aeroportos não vamos lá. Ainda para mais porque queremos que os turistas repitam a visita e fiquem mais tempo mas para isso, têm de ter conteúdos de excelência, neste caso a exposição Harry Potter”.

Destacou ainda a importância deste tipo de exposições, pois “uma exposição fica em média 4/5 meses numa cidade, e portanto no máximo uma exposição só pode ir a três cidades por ano. Mesmo que dure 10 anos, são 30 cidades. E é muito difícil uma exposição durar 10 anos. Esta, salvo erro, tem 4/5 anos. Portanto conseguir entrar nesse campeonato, tal como em alguns concertos porque na música é igual… Há muitas cidades o mundo que pagavam para ter os grandes concertos que Lisboa e Porto têm. Isso é muito importante para valorizar o destino”.

Lamentou o IVA, pois “por exemplo, o IVA das exposições em Portugal é 23%. Mas é o IVA das exposições organizadas por privados, porque há uma excepção no código do IVA, porque se o estado organizar exposições o IVA é 0. Portanto isto é logo um péssimo principio de concorrência desleal. Isto quase que faz lembrar o Estado Novo, porque assim o Estado acaba por impor a sua própria cultura. Acaba por ser uma forma de controlar a cultura e a cultura deve ser livre. E está consagrada na constituição como tal”.

Destacou a dificuldade em trazer Harry Potter a Portugal, porque “há muitas cidades e muito interesse. Há países em que as parcerias público-privadas são muito mais eficazes e as pessoas trabalham mais de mão dada para conseguirem ter uma oferta diferenciadora. Aqui não vou dizer que estamos de costas voltadas, mas o estado muitas vezes ainda pensa que é omnipresente e que gosta de fazer as coisas sozinho e isso às vezes torna as coisas difíceis”.

A exposição estará patente até dia 8 de Abril de 2020.

PREÇOS

(De segunda a sexta-feira)

Entrada geral * 16€

Crianças (até aos 12 anos) * 12€

Família I (2 adultos + 1 criança até aos 12 anos) * 38€

Família II (2 adultos + 2 crianças até aos 12 anos) * 44€

(sábado e domingo)

Entrada geral * 19€

Crianças (até aos 12 anos) * 15€

Família I (2 adultos + 1 criança até aos 12 anos) * 45€

Família II (2 adultos + 2 crianças até aos 12 anos) * 52€

Horários

De segunda a quinta-feira das 10:00 às 19:00

De sexta-feira a domingo das 10:00 às 20:30

A Everything is New aconselha a compra de bilhetes apenas nos pontos de venda oficiais referidos na lista abaixo:

Locais de venda: harrypotterexhibition.pt, FNAC, Worten, CTT, El Corte Inglés e everythingisnew.pt

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6446 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.