Amadora: Detido por falsas declarações, em operação STOP

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Policial da Amadora, no dia 05 de Julho de 2020, pelas 01H10, procedeu à detenção de um homem, com 37 anos, pela prática do crime de falsas declarações.

A detenção ocorreu em sequência de uma fiscalização rodoviária, sendo que quando os polícias interpelaram o condutor, reconheceram-no como sendo o homem que há cerca de um mês havia fugido a uma abordagem policial, tendo inclusivamente, à data, abalroado um viatura policial durante a perseguição, sendo que nessa altura, apenas tinha sido possível intercetar e deter os ocupantes do veículo por tráfico de estupefaciente.

Ao ser solicitada a sua identificação, o suspeito forneceu um documento de identificação, porém, o nome constante nesse documento não coincidia com os dados que os polícias conheciam e à qual correspondia um Título de Residência. Perante tal facto, os polícias efetuaram várias diligências, tendo chegado à conclusão que este homem apresentava quatro identificações diferentes, todas com o mesmo último nome, data de nascimento e morada, mas com ligeiras variações no segundo nome.

Efetuadas pesquisas sobre todas as identificações, foi possível apurar que o suspeito estava associado em processos crime (por tráfico de estupefacientes, condução sem habilitação legal e condução perigosa, furto e ofensas à integridade física) nas várias identificações, suspeitando-se que o mesmo recorria a esta estratégia para evitar ser julgado por todos os crimes cometidos.

Existem ainda diversos pedidos de notificações para comparência em Tribunal, e mesmo um mandado de detenção para prestar Termo de Identidade e Residência. O detido já estaria, inclusivamente, a cumprir pena sob uma das identidades, tendo sido libertado em Março devido às medidas excecionais motivadas pela situação de pandemia.

O suspeito foi assim detido por ordem da Autoridade Judiciária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.