Amarante: Prisão domiciliária após ameaçar de morte a ex-mulher

 

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas de Penafiel, no dia 15 de Novembro, deteve um homem com 66 anos, pelo crime de violência doméstica, no concelho de Amarante.

 

Na sequência de uma investigação relacionada com violência doméstica, os militares apuraram que o suspeito agredia física e psicologicamente a ex mulher, de 50 anos, com a qual esteve casado até 2014, tendo o suspeito, após a separação, continuado a coagir a vítima com insultos e ameaças de morte e contra a integridade física.

 

O suspeito, com antecedentes criminais, tendo já sido condenado a uma obrigação de proibição de contactos com a vítima, em Janeiro passado, resultando numa pena suspensa de dois anos e nove meses, continuou os insultos e as ameaças, perseguindo a vítima e seus familiares, controlando as rotinas diárias e fazendo rondas à sua residência.

 

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, no dia 14 de novembro, no Tribunal Judicial de Marco de Canaveses, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão domiciliária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.