Os anti taurinos voltaram a demonstrar o seu lado ditatorial ao importunarem a corrida de touros que realizou-se esta sexta-feira na Praça de Touros da Póvoa de Varzim.

 

Na transmissão levada a cabo pela RTP 1 foram bastante audíveis os impropérios destinados a quem apoia a tauromaquia por parte de um individuo com uma sistema sonoro de elevada potência. Estando a tauromaquia considerada na constituição portuguesa como cultura e tratando-se este de um espectáculo autorizado, é uma tremenda falta de respeito a interrupção de um espectáculo.

 

Fora aproximadamente 10 minutos em que apenas o profissionalismo de António Ribeiro Telles e a resposta educada dos aficionados não fez tomar percussões mais graves a mais uma falta de respeito para com uma arte secular.

 

De destacar ainda que foi visível na transmissão televisiva um cartaz na bancada que dizia “Os Poveiros são Aficionados”. 

 

 

António Ribeiro Telles em declarações à RTP 1 defendeu os poveiros, a cultura, a liberdade de escolha e o respeito pelo próximo. Filipe Gonçalves dedicou a sua lide a todos os poveiros e com palavras fortes na defesa dos valores da cultura e da arte!

 

Reposta a normalidade e silenciado o individuo, pelas autoridades, a corrida seguiu o seu rumo natural.

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6339 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.