O primeiro-ministro de Portugal, António Costa, e o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, foram este sábado assistir ao concerto de encerramento da digressão da cantora Mariza.

Na Altice Arena, os dois políticos foram fortemente assobiados, quando apareceram nos ecrãs gigantes.

Tudo aconteceu na fase final do espectáculo, quando Mariza desceu do palco para junto do público e cumprimentou os dois políticos.

Perante forte assobiadela, Mariza disse, por duas vezes, “Meus amigos, aqui não se fala de política. Só de música”. E os apupos pararam.

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6510 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

11 thoughts on “António Costa e Fernando Medina assobiados no concerto de Mariza

  • Avatar

    Se eu aí estivesse mandava~te á merda!!!! paguei o bilhete e nõ gosto de chulos no meu espaço.

    Reply
    • Avatar

      Manuel Ribeiro estás a falar do teu pai ?

      Reply
  • Avatar

    Muito bem assobiados, estes só fazem porcaria com os portugueses, o Costa faz de conta que vivemos num país maravilhoso não há atrasos nas operaçoes nos hospitais,as escolas não tem amianto,os transportes não tem atrasos,os bombeiros,os professores,os enfermeiros,os médicos estão todos contentes e não há desemprego andam todos em formação sobre formação, será que ele pensa que estamos na Índia?
    O Medina se manda-se limpar as ruas e tapar os buracos nas ruas onduladas e nas estradas de Lisboa fazia melhor. Há e já agora veja se começa a alugar as casas que diz que tem que era para Novembro é que há pessoas com a tal abertura de rendas há muita gente a dormir nas ruas, ou será que só a rapariga “climática” que saio da escola para andar a passear pela Europa é que interessa?

    Reply
    • Avatar

      O que se passou no concerto foi inenarrável… Não conformada com os apupos e com o ato falhado dos cumprimentos aos políticos na 1 fila, a pseudo diva quis compor a coisa, vai daí e começou a cumprimentar outras pessoas, numa tentativa vã de tentar dizer, ” não cumprimento só políticos…” Esta demonstração de falsa humidade estendeu-se por cerca de 30 minutos, numa falta de respeito por quem pagou o bilhete e que teve que aguardar que sua excelência acabasse o teatrinho! Mariza canta muito, isso é insofismável, porém é tudo menos simples, humilde, tem tiques de vedeta e de diva! A não repetir!

      Reply
  • Avatar

    Se só se fala de música porque foram cumprimentados os dois politicos? Mas percebo a reacção e, claro, adoro a música da Mariza 😉

    Reply
      • Avatar

        A Mariza deveria ficar caladinha e não fazer comentários.

        Reply
    • Avatar

      A Mariza queria dar graxa…

      Reply
  • Avatar

    “aqui não se fala de política mas só de música”. Sério Maria? Então porque foi ter com esses marmanjos e não foi cumprimentar a Alzira costureira ou o Antonio churrasqueiro? Correu mal o encosto, não foi? Eu assobiava os 2 e a Mariza por tentar pôr água na fervura. Cuidado Costa… Ja há mais a abrir os olhos

    Reply
  • Avatar

    Saiu-lhes o tiro pela culatra,pois se esperavam aproveitar as palmas a grande fadista, foram reduzidos a sua condição de manipuladores da opinião pública. Lamento que a fadista só se lembrasse que ali não era lugar para política depois de os ir cumprimentar e perante a vais a que foram sujeitos. Mais se seguirá, porque não e possível enganar toda a gente durante todo o tempo.

    Reply
  • Avatar

    A Mariza é que devia ter levado uma grande vaia e pateada, por se meter em assuntos de índole política. Ali estava pra cantar, sabendo que no público estavam pessoas de vários quadrantes políticos!

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.