Apreensão de 7,6 toneladas de espadarte

 

A Unidade de Controlo Costeiro, através do Destacamento de Controlo Costeiro de Matosinhos, ontem, dia 17 de Setembro, apreendeu 7 641 quilos de espadarte (Xiphias gladius) com o valor estimado de 137 538 euros.

Esta apreensão decorreu no âmbito de uma acção de fiscalização dirigida ao porto de pesca de Matosinhos, onde foi verificada uma embarcação que capturou o pescado, sem que o tenha registado no diário de pesca electrónico. Sendo uma espécie sujeita a cotas, esta é uma das práticas utilizadas para contornar os limites impostos, e desta forma não esgotar a sua cota de pesca.

Foi identificado o mestre da embarcação, de 60 anos, e elaborado o auto de contra-ordenação, sendo esta infracção punida com coima máxima de 250 mil euros. O pescado apreendido foi sujeito à venda através do sistema de leilão, ficando o produto da venda à ordem do processo.

A GNR salienta que a prática de uma pesca sustentável, que respeite a natureza e a integridade dos ecossistemas, contribui para a conservação das unidades populacionais de peixes e, ao mesmo tempo, para a criação de condições de prosperidade e emprego no sector das pescas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.