Aveiro: GNR apreendeu nove viveiros ilegais

A Unidade de Controlo Costeiro (UCC), através do Destacamento de Controlo Costeiro da Figueira da Foz, ontem, dia 29 de outubro, na ria de Aveiro, apreendeu nove viveiros ilegais com cerca de 205 quilos de diversos crustáceos e 20 quilos de enguia-europeia, com um valor estimado de 2 765 euros.

Numa ação de patrulhamento fluvial levada a cabo com o objetivo de controlar as regras de captura de pescado e segurança marítima, os militares da Guarda detetaram nove viveiros ilegais contendo diversos crustáceos e 20 quilos de enguia-europeia, uma espécie em vias de extinção que necessita de um certificado da Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies da Fauna e da Flora Silvestres Ameaçadas de Extinção (CITES) para sua deteção.

As enguias-europeias entram num ciclo migratório natural para o mar, permitindo a reprodução das larvas que originará o vulgarmente conhecido por meixão. Em viveiros, essa espécie não segue o ciclo natural, contribuindo para a sua extinção.

Pela instalação deste tipo de culturas em águas interiores, sem qualquer licenciamento e pela apreensão dos respetivos viveiros, foi aberto um processo contraordenacional para apuramento de responsabilidades pelas infrações que poderão ser puníveis com uma coima máxima de 60 mil euros.

Os crustáceos e as enguias-europeias, por se encontrarem vivos, foram devolvidos ao meio natural.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.