Azambuja- Terra do Torricado será apresentada à mesa durante um mês

 

 

 

Está a nascer a marca Azambuja- Terra do Torricado, que se irá apresentar à mesa entre os dias 04 de Outubro e 04 Novembro. O Município de Azambuja dá, assim, mais um passo, no âmbito do produto gastronomia e vinhos, numa aposta clara na defesa e promoção da sua identidade e das potencialidades do seu território. O lançamento terá lugar no dia 04 de Outubro, pelas 18:00, em Vale do Paraíso.

 

 

 

O objectivo geral é promover o Torricado e todas as manifestações culturais a ele associadas. Para potenciar o mais possível essa divulgação, a iniciativa vai desenvolver uma sinergia com acções dinamizadas por Juntas de Freguesia e associações do concelho que tenham o mesmo fim. Assim, com o lançamento da marca, vem um programa composto por três eventos que prometem todo um mês de saborosas experiências.

 

 

 

Na freguesia de Vale do Paraíso, entre os dias 04 e 07 de Outubro, o convite é para passar pelo Festival do Torricado/Mostra Gastronómica “PARAISABOR”. Depois, no fim-de-semana 02 a 04 de Novembro, será a vila de Azambuja a celebrar essa iguaria na “Festa do Torricado”. Pelo meio, durante todo o mês do evento, de 04 de Outubro e 04 de Novembro, decorrerá o programa gastronómico municipal “A GULA”, nos diversos estabelecimentos aderentes à iniciativa. Na edição 2018, “A GULA” conta com a adesão de 17 restaurantes, de norte a sul do concelho, que apresentam nas suas ementas pratos de Torricado. Para dinamizar um pouco mais este programa, será introduzida alguma animação musical aos fins de semana nos restaurantes aderentes.

 

 

 

Recorde-se que, no Concelho de Azambuja, no que à gastronomia diz respeito e, particularmente, ao nível do receituário local, o Torricado, a manja/marmanja e a lapardana assumem um papel de destaque. Este património tem vindo a ser explorado pelo município em acções como a candidatura às “7 maravilhas à mesa”, sessões de showcooking e degustações em diversos eventos; bem como por outras entidades locais em iniciativas que recuperam estes pratos tradicionais e suscitam a curiosidade de um público cada vez maior. Esse é outro dos objectivos do município, que os diversos atores locais, nomeadamente os restaurantes, se consciencializem desta fileira de oportunidade incluindo a sua oferta nas respectivas cartas e consolidando o esforço colectivo no desenvolvimento local.

 

 

 

Já no que se refere ao vinho – indispensável a acompanhar um bom Torricado – o município desenvolveu, ao longo dos últimos anos, produtos que trabalham e valorizam a identidade vitivinícola local. Destaque, entre outros, para o crescimento da Ávinho-Festa do Vinho e das Adegas, para a consolidação do Concurso de Vinhos do Concelho de Azambuja, e para a implementação da Aveiras de Cima-Vila Museu do Vinho. Simultaneamente, tem-se assistido ao florescimento de unidades produtivas que se diversificam e enveredam pelo caminho do enoturismo. Da mesma forma, a autarquia promove e divulga os produtos locais e os seus produtores, procurando dar a conhecer, dinamizar e incentivar a presença dos mesmos nas acções que desenvolve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.