Big Brother: Pai de Sandrina acusa produção de manipulação e chama mariquinhas a Crispim

António Manuel Pratas, pai de Sandrina, fez fortes críticas à produção do Big Brother.

Em entrevista à revista TV Guia, António explicou que só ele gastou cerca de 1 500 euros em chamadas telefónicas. Mas não foi o único. Os filhos, a irmã e o cunhado também votaram imenso. “Não andará longe se lhe disser que gastámos quase 6 mil euros”, explicou.

Se gastámos quase seis mil euros e a Sandrina ficou com 8 por cento dos votos, será que mais ninguém votou na Sandrina em Portugal inteiro?”, questionou, indignado.

António Pratas acusou ainda dois comentadores de prejudicarem a imagem pública da jovem concorrente alentejana. “A Pipoca e o mariquinhas do Crispim queimaram a minha filha“, atirou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.