Caminhadas na Quinta do Tamariz agregam natureza, vinho e turismo

Promover o contacto com a natureza, dar a conhecer os ciclos da natureza relacionados com as árvores e com o ciclo da vinha e incentivar o respeito pelo terroir, são alguns dos objectivos do programa de caminhadas mensais da Quinta do Tamariz, para além, obviamente, de dar a conhecer os seus vinhos desde a vinha até ao copo.

A natureza tem o seu próprio tempo. O bosque, os jardins e as vinhas têm uma beleza característica em função de cada estação do ano e as vinhas têm um ciclo que não se esgota na vindima, tão apreciada pelos turistas.

Apaixonado pela natureza e apologista do respeito pelo terroir, António Borges Vinagre, administrador da Quinta do Tamariz e o representante da 4.ª geração à frente desta quinta familiar, gosta de dar a conhecer estes temas aos turistas que visitam a Quinta do Tamariz e mostrar-lhe a beleza que podemos encontrar em cada mês.

Os jardins e as árvores, uma paixão sua, que granjearam à Quinta do Tamariz o prémio Best of Wine Tourism, são privados e normalmente fora das visitas de enoturismo. Nas caminhadas mensais estes são incluídos e as visitas são sempre acompanhadas por António Borges Vinagre, que conhece como ninguém as 295 espécies de árvores oriundas de vários pontos do mundo e que se encontram na Quinta.

As vinhas estão a cargo de Maria Francisca Vinagre, engenheira agrícola e administradora da Quinta do Tamariz em conjunto com o seu marido.

Muitos das caminhadas na Quinta do Tamariz são dedicadas às vinhas, actividade principal da Quinta e de onde provêm os vinhos, espumantes e aguardentes que aqui se produzem.

Maria Francisca é uma apologista da pureza dos vinhos pela qualidade das uvas, sua matéria prima. Nas caminhadas dedicadas ao ciclo da vinha vai mostrar aos visitantes como a vinha se comporta ao longo do ano e também a evolução da viticultura na Quinta do Tamariz e na região e mostrar como tudo isso aportou maior qualidade aos vinhos.

As caminhadas, que se realizam na manhã do primeiro sábado de cada mês, às 10h30, têm um grau de dificuldade baixo e destinam-se a toda a família, com uma duração de 2 horas em que se percorrem partes das vinhas, jardins e do bosque biodiverso. No final de cada caminhada realiza-se uma prova de dois vinhos da quinta, acompanhada por pão e queijo regional.

O calendário de 2020 já está definido e a primeira caminhada realiza-se já no próximo dia 1 de Fevereiro.

Data

Tema

1 de Fevereiro

A forma das àrvores

7 de Março

As camélias

4 de Abril

A vinha chora

2 de Maio

As flores

6 de Junho

A floração da vinha

4 de Julho

O bosque

1 de Agosto

O pintor na vinha

5 de setembro

Vamos medir o açúcar e a acidez das uvas

3 de Outubro

Vinho novo – prova de cuba

7 de Novembro

Vamos provar as netas

5 de Dezembro

As aguardentes da Quinta

A participação nas caminhadas tem uma inscrição obrigatória por telefone ou email e um custo simbólico de 5€ por pessoa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.