Camionistas e muito ouro no Discovery Channel

discovery-channel

 

Na semana de 08 a 14 de Maio, os grandes destaques do Discovery Channel serão a estreia da quarta temporada de “Camionistas da Austrália” o programa inédito, “Gold Rush: Parker’s Trail”, que traz ao canal o mineiro mais jovem da série “Febre do Ouro”.

 

 

A quarta temporada de “Camionistas da Austrália” estreia na quarta-feira, dia 10 de Maio, às 21:00. Este programa convida-nos a subir à cabina destes enormes veículos para acompanhar o transporte de mercadorias numa verdadeira odisseia, através do interminável mar de areia que ocupa grande parte da Austrália. A Great Central Road, um conjunto de vias sem asfalto que percorre os 2,3 milhões de quilómetros quadrados do deserto australiano, é o cenário desta aventura, que só serve aos condutores mais experientes. 

 

 

Vamos conhecer intimamente a vida de condutores como Steve Grahame, Will McKay, Kurt Sheppard, Marl Cromwell, Bumper Farrell, Sludge e Turbo, especialmente quando estão na estrada mas também durante as pausas entre trabalhos. Conheceremos também Barnesy, um dos poucos mecânicos que se dedica a ajudar os camionistas, com um robusto camião MAN, que outrora foi propriedade do exército alemão. “Camionistas da Austrália” estreia na quarta-feira, dia 10 de Maio, às 21:00.

 

 

No domingo, 14 de Maio, às 21:00, estreia “Gold Rush: Parker’s Trail”. Em finais do século XIX, entre 1896 e 1899, mais de 100 mil pessoas, guiadas pelo sonho da riqueza e da prosperidade, decidiram arriscar as suas vidas e partir em busca da Rota do Ouro de Klondike. Grande parte delas não conseguiu chegar ao final da dura viagem, marcada por temperaturas gélidas e paisagens traiçoeiras. 

 

 

Agora, Parker Schnabel, o famoso mineiro da série “Febre do Ouro”, propõe-se a percorrer o mesmo caminho, numa aventura que vai poder ver no Discovery Channel. Parker, que com 22 anos já conseguiu extrair mais de 13  milhões de dólares em ouro do subsolo de Klondike, decidiu ver com os seus próprios olhos o que os antepassados tiveram de enfrentar em finais do século XIX.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.