Campo de Ourique: Trio de carteiristas lançou o pânico entre as idosas com vários furtos

Três mulheres do leste europeu semearam o pânico em Campo de Ourique, Lisboa, durante 9 meses, devido a controlo das caixas multibando da zona, observando “as vítimas a levantar dinheiro. Decorado o código PIN, era depois fácil furtar os cartões. Atacavam sempre mulheres de idade avançada“, refere o Correio da Manhã.

As mulheres carteiristas têm entre 33 e 57 anos e estão indiciadas por 30 furtos de oportunidade.

O Correio da Manhã avança que “com os cartões desviados efetuaram pelo menos 22 burlas informáticas, através do levantamento de dinheiro das contas das vítimas ou pela realização de despesas e compras“.

A Divisão de Investigação Criminal (DIC) da PSP de Lisboa, que ficou com o inquérito, revelou que as detidas terão lucrado 23 mil euros com os crimes. “Duas das carteiristas foram apanhadas em flagrante no dia 9. Agentes à civil viram-nas a perseguir uma mulher de 72 anos na rua, para lhe furtarem a carteira com os cartões bancários. Com recurso a um mandado, fora de flagrante delito, foi possível deter, no mesmo dia, a terceira suspeita“, explica ainda o CM.

Estão em prisão preventiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.