Cartaxo e Santarém: Prisão preventiva por furto de ouro

O Comando Territorial de Santarém, através do Posto do Cartaxo, no dia 30 de Janeiro, deteve uma mulher com 53 anos de idade, suspeita da prática de diversos furtos em interior de residência, no concelho do Cartaxo e Santarém.

No âmbito de uma denúncia de furto em residência, os militares deslocaram-se de imediato para a localidade de Vila Chã de Ourique, com o objectivo de interceptarem os suspeitos. Chegados ao local, e ao entrarem dentro da residência depararam-se com a suspeita encapuçada, tendo sido de imediato detida, verificando-se, posteriormente, que se tratava de uma mulher já referenciada pela prática deste tipo de delitos.

Foi então desencadeada uma série de diligências de investigação por parte dos militares da estrutura de investigação criminal do Comando e do Destacamento Territorial, ambos de Santarém, tendo culminado com a realização de uma busca domiciliária e uma busca em estabelecimento de compra e venda de ouro, tendo sido apreendido o seguinte material:

· Diversas peças em ouro;

· Diversa sucata em prata;

· Dinheiro, em diversas notas de Francos, Reais e Dólar;

· 16 relógios;

· Uma arma de alarme;

· Diverso material utilizado para realizar furtos.

O material apreendido estava relacionado com furtos ocorridos nos concelhos mencionados, tornando assim a mulher suspeita de pelo menos 5 furtos, sendo apurado que a mesma utilizaria uma história de cobertura de ser empregada doméstica, fazendo limpeza em algumas residências, aproveitando o conhecimento do acesso às residências e dos bens existentes, rotinava os proprietários e usufruía das alturas em que estes não estariam presentes para perpetuar os furtos.

A detida permaneceu nas instalações da GNR e foi presente, no dia 31 de Janeiro, ao Tribunal Judicial do Cartaxo, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.