Católica-Lisbon volta a destacar-se nos Rankings Globais do Financial Times

catolica

 

A Católica Lisbon School of Business & Economics volta a destacar-se nos Rankings Globais do Financial Times integrando, pela primeira vez, o ranking do Financial Times para os Mestrados em Finanças. A escola entra directamente para a 26ª posição, entre os 60 melhores programas do mundo.

 

 

O Mestrado em Finanças junta-se assim a outros programas da Escola já com posições de destaque em rankings do Financial Times, consolidando a sua posição cimeira enquanto Escola no ensino da Gestão e Economia em Portugal, bem como a sua afirmação internacional.

 

 

Para estes resultados contribuem a avaliação em termos de média salarial pós-graduação, (55% de aumento), a taxa de empregabilidade após 3 meses, que se situa nos 95% e a percentagem de docentes internacionais (43%).

 

 

A entrada da Católica-Lisbon no Ranking Global do Financial Times para os Mestrados em Finanças é, para nós, um motivo de grande orgulho, mas acima de tudo é um reconhecimento da qualidade dos nossos mestrados. Este resultado reflete igualmente a nossa forte aposta na internacionalização, cada vez mais um pilar crítico de afirmação da escola“, palavras de Guilherme Almeida e Brito, Vice-Dean da Católica-Lisbon.

 

 

A Católica Lisbon School of Business & Economics volta a consolidar a sua posição cimeira enquanto Escola no ensino da Gestão e Economia em Portugal, já que volta a constar nos Rankings Globais do Financial Times, desta feita com a entrada pela primeira vez no ranking que mede os melhores Mestrados de Finanças em todo o mundo. 

 

 

A Católica-Lisbon é a única escola parceira do CFA Institute em Portugal, pelo que este Mestrado em Finanças confere ao aluno a oportunidade de obter a acreditação CFA Nível 1, reconhecida internacionalmente. O programa permite ainda a obtenção de um duplo diploma, atribuído pela Católica-Lisbon e por outra escola de economia e gestão internacional de excelência. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.