Comercialização de citrinos está proibida na Marinha Grande devido a praga “Trioza erytreae”

 

 

A Câmara Municipal informa que foi detectada no concelho da Marinha Grande a praga “Trioza erytreae”, vulgarmente conhecida como “psila africana dos citrinos”, estando, por isso, proibida a comercialização de citrinos.

 

Esta praga agrícola é provocada por um insecto picador-sugador da família “Triozidae”, originário da África subsariana, e causa danos graves nos citrinos.

 

A Direcção Regional de Agricultura do Centro emitiu um alerta para proprietários de citrinos isolados e pomares onde se estabelecem medidas de combate e controlo desta praga, salientando a proibição da entrada no país de material de propagação de citrinos provenientes de países onde seja conhecida a existência de “Tryoza eritreae” ou “psila africana dos citrinos”.

 

Está proibida a comercialização de citrinos (limoeiros, limeiras, laranjeira doce e azeda, tangerineira, toranjeira e kumquates) em feiras e mercados nos territórios afectados, abrangendo, por isso, o concelho da Marinha Grande.

 

No caso de dúvidas, os munícipes devem contactar a Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Centro, através do telefone 244 800 580 ou e-mail: deleg.leiria@drapc.gov.pt.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.