Costa Vicentina: Detectadas 92 infracções por campismo selvagem

 

A Unidade de Controlo Costeiro, através do Subdestacamento de Controlo Costeiro de Aljezur, hoje, dia 18 de Setembro, elaborou 92 autos de contra-ordenação por caravanismo/campismo selvagem, nas localidades de Sines, Milfontes e Aljezur.

Numa operação conjunta com o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas, que teve como objectivo a fiscalização de caravanismo/campismo selvagem, os militares identificaram e autuaram 92 autocaravanistas, por se encontrarem a pernoitar fora dos locais legalmente autorizados para o efeito, na área do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina. Os autos de contra-ordenação correspondem a uma coima que pode ascender aos 4 mil euros.

Esta prática, para além do risco para a saúde pública, resultante dos detritos que são deixados nos locais, constitui um incómodo para os restantes veranistas que têm dificuldade de acesso, quer as praias e mesmo aos próprios parques de estacionamento na orla marítima e causa considerável impacto na economia local resultante da não obtenção de receita por parte dos parques de campismo/caravanismo destinados para o efeito. A Guarda irá continuar a sensibilizar os caravanistas e campistas para adoptarem um comportamento mais responsável e amigo do ambiente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.