COVID-19: “Temos de fazer isto sem deixar de ir ao trabalho, à escola, ir ao teatro, ao cinema, ao comércio fazer as nossas compras. Temos de continuar a viver”, disse Graça Freitas

Foto: ANTÓNIO COTRIM/POOL/LUSA

A Directora Geral da Saúde, Graça Freitas, marcou, hoje, presença na conferência de imprensa sobre a actualização dos novos dados relativos à pandemia provocada pela COVID-19.

Graça Freitas disse que “temos de fazer tudo para não adoecer e não sermos propagadores da doença“.

Não deu uma data para o pico da segunda vaga da pandemia, pois “estamos a correr uma maratona sem fim“.

Graça Freitas pediu aos portugueses para “não baixar a guarda por muito cansados que estejam“, relembrando que “as únicas medidas que temos contra” a disseminação da infeção “são os nossos comportamentos“.

Não é de vez em quando, são as coisas que fazemos diariamente”, acrescentou, antes de afirmar que “é nossa responsabilidade achatar a curva“.

Como vamos achatar? Não temos muita coisas, mas temos algumas que já provaram fazer efeito. E essa arma chama-se prevenção”, disse.

Com quantas menos pessoas contactar no dia a dia, menos hipótese há de contagiar ou ser contagiado”, relembrou.

Usar máscara, levar o menos possível as mãos à cara, não mexer na cara – sobretudo na boca ou no nariz-, lavar frequentemente as mãos ou desinfectar“, são medidas a manter.

Temos de fazer isto sem deixar de ir ao trabalho, à escola, ir ao teatro, ao cinema, ao comércio fazer as nossas compras. Temos de continuar a viver“, realçou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.