Cristina Ferreira criticada por festa de aniversário: “Long live the queen, diz o povo a esta ordinária”

Cristina Ferreira celebrou o seu 43.º aniversário esta semana e ontem decidiu fazer a festa junto de amigos.

Num jantar especial, Cristina Ferreira foi partilhando imagens nas redes sociais sobre o que acontecia na Casa do Marquês.

Por entre muitos elogios, houve no entanto  muitos internautas que criticaram o ajuntamento em tempos de pandemia.

Um luxuoso jantar, fogo de artifício, alguns convidados e ainda a actuação musical de Yolanda Soares e Bruno Correia.

Entre os convidados estiveram presentes: Ruben Rua, Rita Pereira, Pedro Teixeira, João Patrício, André Manso, Inês Mendes da Silva, Catarina Duarte, João Frade, Rui Válido.

E depois são as festas dos dos jovens no norte, que passa na imprensa, (ajuntamentos), que são o grande problema, e isto? O que é? Lamentável, sem comentários…”, “A rainha de um país com 600+ casos de Covid diários e com uma classe média a passar pelas maiores dificuldades financeiras de sempre. Long live the queen, diz o povo a esta ordinária”, são alguns dos comentários.

Começo a achar que o covid só existe em certos estratos sociais!! Na classe alta, andam de férias o tempo todo em diversos sítios, convivem con as mais variadas pessoas, dão festas… enfim! A classe média ou baixa se bebe uma cerveja na rua depois das 22h já é condenada!! Festejar sim mas com conta peso e medida… Tenham noção! Tristeza de exemplo!!“, lê-se.

Onde é que está a dita fiscalização que tem poder para multar e acabar com os ajuntamentos se fossem dum bairro pobre já lá estavam mas como o dinheiro aqui fala mais alto nem aparecem uma boa oportunidade para o estado ir buscar uns cobres“, pode ainda ler-se.

Que belo exemplo de distanciamento social e de ajuntamentos“, “Que belo exemplo… lamentável, sem palavras” e “Que se lixe o covid. Foram só 687 casos hoje“, são outros exemplos das críticas feitas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.