Cristina Ferreira em modo popular: “Se florir, floriu, se não floriu o meu amor que vá para a puta que o pariu”

Foto: O programa da Cristina

Este ano, nem uma alcachofra para uma pessoa queimar, que era para ver se floria. Se florir, floriu, se não floriu o meu amor que vá para a puta que o pariu… Era assim que se dizia“, disse esta manhã Cristina Ferreira no seu programa, na SIC.

Esta frase referia-se à queima da alcachofra.

Este ano, devido à pandemia, não serão celebradas as festas em torno dos Santos Populares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.