Detida por violência doméstica e internada por problemas psiquiátricos

 

 

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão Policial de Oeiras, no dia 13 de Janeiro, na freguesia de Carnaxide, procedeu à detenção em flagrante delito, de 1 mulher, com 50 anos de idade, pela prática do crime de Violência Doméstica, contra a sua mãe de 87 anos, numa residência particular.

A PSP teve conhecimento que, junto à residência, eram audíveis vários gritos e pedidos de socorro de uma cidadã já idosa. Quando os polícias da PSP chegaram ao local, o pedido de auxílio era perfeitamente audível, ouvindo-se também várias ameaças de morte por parte da suspeita. Por escalamento, os elementos policiais deslocaram-se para junto à porta de entrada da residência e, uma vez que a violência se manteve após o alerta dos polícias, arrombaram a porta da residência. No interior, visualizou-se a suspeita com as duas mãos à volta do pescoço da vítima, empurrando-a contra as paredes e móveis, proferindo ameaças de morte”, refere o comunicado da PSP.

A suspeita foi prontamente sustida e manietada pelos polícias da PSP, cessando assim a prática do crime de violência doméstica. Em virtude de proferir frases sem qualquer nexo e ter adotado um estado catatónico, a suspeita foi conduzida ao Hospital S. Francisco Xavier, ao abrigo da lei saúde mental, onde após ser observada na urgência psiquiátrica foi determinado o seu internamento compulsivo. A vítima foi igualmente transportada ao Hospital para receber tratamento médico”, acrescentou a Polícia de Segurança Pública.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.