incendio

 

 

A Polícia Judiciária deteve o autor do foco de incêndio florestal ocorrido a 25 de setembro em Chão do Galego, no concelho de Proença-a-Nova, informa em comunicado a referida autoridade.

 

 

O detido, um homem de 81 anos, casado e reformado foi presente às autoridades judiciárias competentes para primeiro interrogatório e aplicação das medidas de coação, na passada sexta-feira, dia 29 de setembro, tendo ficado em prisão preventiva. O incêndio ocorreu em Chão do Galego, freguesia de Montes da Senhora, “foi ateado com fósforos pelo detido, sem motivo aparente, mas sob o efeito do álcool”.

 

 

A presente detenção foi feita em articulação pela Polícia Judiciária, GNR, Associação de Produtores Florestais e Município de Proença-a-Nova.

 

 

Junto a esta localidade já tinham ocorrido outros focos de incêndio, sendo que a ocorrência do dia 9 de setembro resultou numa área ardida que ascendeu aos 70 hectares.

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6784 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.