Director da UAU alerta para crise nos espectáculos: “Cada vez a luz está mais longe…e a política continua a ver o barco a afundar e nada acontece”

Foto: Facebook Paulo Dias

O Teatro Tivoli BBVA, em Lisboa, recebeu, ontem, um concertos dos Xutos e Pontapés. Paulo Dias, director da produtora UAU que gere o espaço, aproveitou para fazer uma reflexão e chamar a atenção para os problemas do sector cultural.

 

Numa publicação, pública, no seu perfil da rede social Facebook, começou por escrever que “hoje é dia de Xutos e Pontapés no Teatro Tivoli BBVA. Porque não? Um concerto de rock numa sala diferente, cheia a 50% na tal nova normalidade. Na entrada uma caixa quase cheia de alimentos que as pessoas vão trazendo e oferecendo a União Audiovisual. O público impecável, tudo bem comportado ,tudo a cumprir as normas de segurança e um a um lá vão enchendo a sala a 50%“.

Explicou que foi “um dia com as equipes todas a trabalhar de máscara dentro do teatro, a carregar caixas e a montar o espectáculo, os artistas a olharem para a sala que à noite estaria a 50%“.

Alertou e mostrou preocupação para o facto de “nestes meses de incerteza e de muitas duvidas ARTISTAS, SALAS, PROMOTORES e todas as equipes bem têm tentado, mas cada vez a luz está mais longe….. e a política continua a ver o barco a afundar e nada acontece.
Dia 17 e 18 temos o Herman José e dia 19 a Simone e fechamos até ver e até onde o dinheiro chegar…..estamos a tentar!!!!!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.