Discovery Channel vai entrar no olho do furacão

nasa

 

 

Em apenas 17 dias foram vários os furacões de grande potência que assolaram os países do Caribe e da Costa Americana. Mas porque estes furacões são cada vez mais frequentes e fortes? O Discovery Channel vai entrar no olho do furacão para responder a estas perguntas. O especial, com a duração de 1 hora, “Dentro do Furacão: Harvey e Irma” pode ser visto no canal no dia 08 de Outubro, a partir das 20:05.

 

 

Estes especial, que vai tentar desvendar o porquê destes fenómenos que anteriormente eram raros mas estão a acontecer com cada vez mais frequência, vai apresentar entrevistas com os principais meteorologistas, cientistas e engenheiros. Todos vão tentar desvendar os segredos que se escondem por detrás dos furacões Harvey e Irma, o mais potente dos últimos 80 anos.

 

 

Estes  dois furacões massivos atravessaram o Oceano Atlântico, com um movimento assombroso, pouco visto na história.

 

 

O furacão Harvey, de categoria 4, massacrou o Texas com ventos de 209 km por hora e provocou cheias sem precedentes na área de Houston. Quando as chuvas finalmente pararam, o Harvey provocou um rasto de destruição, deixando 185 mil pessoas sem casa, causando danos graves em mil empresas e deixando outras 300 mil pessoas sem electricidade. Os estragos rondam 200 mil milhões de dólares e quase meio milhão de pessoas solicitaram ajuda federal devido à catástrofe.

 

 

O furacão Irma começou a surgir no dia 27 de Agosto, perto da costa de África e à medida que ia atravessando o Atlântico ia ganhando cada vez mais força. A 05 de Setembro, o Irma já tinha alcançado a categoria 5, com 684 quilómetros de largura e ventos de 300 quilómetros por hora. O rasto de destruição que este furacão deixou nas Caraíbas atingiu proporções “apocalípticas”.

 

 

Estes dois furacões consecutivos não são apenas uma chamada de atenção para os residentes nas zonas costeiras mas também para os cientistas que estudam as origens e os padrões destes fenómenos meteorológicos”, conta Caroline Perez, vice-presidente da produção do Science Channel (Discovery). “Como demonstraram Harvey e Irma, os furacões podem ser imprevisíveis e mortíferos e quanto mais possamos aprender sobre as suas origens, melhor poderemos preparar-nos para a próxima catástrofe natural“, finaliza.

 

 

O Discovery Channel vai deixa-lo no “olho do furacão” no dia 08 de Outubro, a partir das 20:05.

 

Fotografia: NASA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.