Durão Barroso é o chairman do EurAfrican Forum 2019, que se realiza em Cascais

 

O EurAfrican Forum 2019, evento que reúne dignatários internacionais para abordar as questões da relação entre Europa e África, realiza-se pelo segundo ano consecutivo em Portugal, nos dias 4 e 5 de Julho, na NOVA School of Business and Economics, em Cascais.

Organizado pelo Conselho da Diáspora Portuguesa, com o Alto Patrocínio da Presidência da República e do Governo português, e com a Câmara Municipal de Cascais como co-anfitrião, esta segunda edição foca-se no tema “Parceria entre iguais: partilhando valores, partilhando prosperidade”.

Pela manhã do dia 4 de Julho o Presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, e o Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi, vão participar numa conversa entre Presidentes, uma sessão moderada pela apresentadora Thora Arnorsdottir, candidata à Presidência da Islândia em 2012.

António Vitorino, diretor-geral da Organização Internacional para as Migrações (OIM); Koen Doens, da Direção-Geral da Cooperação Internacional e do Desenvolvimento da Comissão Europeia; e Sérgio Pimenta, vice-presidente da Corporação Financeira Internacional para o Médio Oriente e África, são alguns dos palestrantes principais.

«A relação histórica entre a Europa e África, o papel de Portugal e do seu relacionamento com vários países neste continente, fortalece o posicionamento do país enquanto organizador de um evento desta dimensão e relevo político, económico e social. Áreas como a cultura, a cidadania, a ciência e a economia saem beneficiadas de um estreitamento da relação entre dois continentes, para os quais Portugal, pelo relevo da sua diáspora, assume naturalmente um forte papel de elo de ligação, não só em África, mas nos cinco continentes», sublinha Filipe de Botton, Presidente do Conselho da Diáspora Portuguesa.

Baseado no tema “Parceria entre iguais: partilhando valores, partilhando prosperidade”, o programa do EurAfrican Forum 2019 apresenta cinco painéis de discussão principais, que se focam nas temáticas do crescimento, empreendedorismo e inovação; mudança para um sistema de relação igualitária; talento e diversidade dos fluxos migratórios; investimento e reabilitação das heranças culturais.

Paralelamente, na tarde de dia 4 de Julho, vários temas complementares vão ser abordados em formato de mesa redonda, nomeadamente sobre a reconstrução de Moçambique; a segurança, as migrações e o talento; o empowerment de mulheres e jovens; assim como a integração económica dos mercados Africanos e Europeus e o apoio ao desenvolvimento da infraestrutura digital no continente africano.

No total, cerca de 40 oradores internacionais vão realçar novas abordagens e paradigmas na relação entre os dois continentes, de forma a contribuir para a construção de uma narrativa comum ao nível de prosperidade e sustentabilidade. O evento conta com a presença de membros governamentais, empresários, investidores, empreendedores sociais, activistas e organizações não-governamentais.

O programa pode ser consultado aqui (sujeito a alterações): https://www.eurafricanforum.org/agenda/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.