“Em Casa d’Amália” estreia a 10 de Abril na RTP1

Como adiantado pelo Infocul a 14 de Novembro de 2019, a RTP acaba de anunciar a estreia de um novo programa televisivo, realizado a partir da Casa-Museu Amália Rodrigues.

A partir do dia 10 de Abril, a RTP1 transmitirá “Em Casa d’Amália”, com apresentação a cargo de José Gonçalez.

Segundo a RTP, “é um programa inspirado nas célebres noites em que Amália Rodrigues recebia em sua casa, na Rua de São Bento, Poetas, Cantores, Pintores, Músicos, Atores…, mas acima de tudo amigos, para tertúlias infindáveis, que entravam pela noite dentro”.

Em comunicado, acrescentaem todos os programas fazemos uma tertúlia, naquela que foi a casa de Amália, com aqueles que fazem e fizeram a história do Fado. Um Património que faz parte da história coletiva de todos nós e que cada vez mais é acompanhado e apreciado por todas as gerações, seja no nosso país seja além fronteiras”.

Por isso, “em Casa d’Amália, pela mão de José Gonçalez, vamos falar sobre a nossa cultura, a nossa história, a nossa realidade atual transmitida muitas vez através do Fado. Queremos também falar do passado com o conhecimento do presente, mas acima de tudo rumar ao futuro do Fado. Uma canção identitária de um Povo, convertida e elevada à condição de Património da Humanidade”.

No programa de estreia, “Jorge Fernando, que foi guitarrista de Amália, é o convidado central de uma tertúlia que junta duas das maiores figuras da música portuguesa da atualidade: Ricardo Ribeiro e Dino D´Santiago. Junta-se a eles nesta conversa informal um dos mais brilhantes guitarristas portugueses, Custódio Castelo. Jorge Fernando conta-nos algumas das histórias vividas com Amália e muitas outras histórias à volta dos seus temas. Ricardo Ribeiro brilha com a sua música e fala-nos do Fado na sua vida. Dino D´Santiago revela-nos a importância da música para si. Mas esta tertúlia só fica completa com a chegada da nossa convidada surpresa…. Ana Moura”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.