Escândalo na Tauromaquia: Detido professor de escola taurina por violação de menores

Em Múrcia, Espanha, um juiz ordenou prisão preventiva a um antigo novilheiro.

Revela o site aplausos.es, o detido (identificado como J.M.O.) tem 69 anos e está acusado de abusos sexuais, exibicionismo e coacção a vários alunos da escola taurina da capital murciana.

Esta escola é dirigida pelo antigo matador de touros Pepín Liria.

Pepín Liria que testemunhou em tribunal contra o antigo novilheiro.

Segundo mesmo site, estão já identificadas dez presumíveis vítimas com idades compreendidas entre os 11 e os 27 anos.

O acusado levava os alunos para sua casa e aí cometia os abusos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.