Esposende apresenta duas praias para animais de companhia

 

 

 

No âmbito do Plano Estratégico Municipal de Promoção do Bem-Estar Animal, o Município de Esposende apresentou esta quarta-feira as duas praias designadas neste âmbito, uma situada na zona norte do concelho, entre a Praia Suave Mar Norte e Cepães e em Apúlia, a sul da Praia da Ramalha. Com esta medida, o Município de Esposende assegura um local específico, com as condições necessárias, para permanência e circulação de animais de companhia.

 

O Município estabelece, assim, critérios e exigências, permitindo a convivência harmoniosa dos animais com a população. As praias vão dispor de um circuito de limpeza, com dispositivos para dejectos caninos, assim como diversa sinalética referente às normas de uso e circulação com os animais de companhia. A criação destas praias mereceu o parecer favorável da Capitania de Viana do Castelo, entidade que desde a primeira hora apoiou a iniciativa.

 

Benjamim Pereira, presidente do Município de Esposende, entende esta medida como “fundamental para criar regras e respeitar o espaço público. Temos várias praias concessionadas e importava prever espaços destinados ao usufruto por pessoas que quisessem fazer-se acompanhar do seu animal de estimação”, adiantou o autarca, ressalvando a abrangência do Plano Estratégico que dedica particular atenção aos animais. “Esposende está inserido no Parque do Litoral Norte e temos responsabilidades acrescidas, estando no cerne das nossas prioridades o respeito pelo ambiente, pela biodiversidade, pela valorização do património natural, e tal envolve também uma nova abordagem relativamente aos animais”, disse Benjamim Pereira.

 

De resto, “estas medidas visam promover o bem-estar animal, criando um espaço na praia para que os proprietários possam usufruir do convívio com os cães”, como disse a vice-presidente da Câmara Municipal de Esposende, Alexandra Roeger, responsável pelo pelouro da Saúde Pública.

 

Raúl Risso, capitão do Porto de Viana do Castelo, prometeu “vigilância mais apertada nesta fase inicial, nomeadamente quanto ao uso de trela em todos os animais e açaime nos cães de raça perigosa” e enalteceu a atitude do Município de Esposende pela atenção dada à vertente terapêutica e de inclusão que está associada ao convívio do ser humano com os cães.

 

Esta decisão decorre da proibição da permanência de animais de companhia em praias concessionadas, criando assim, o Município de Esposende, uma solução concreta, numa perspectiva de que será feita uma utilização conscienciosa por parte dos donos dos animais, nomeadamente ao nível da segurança dos banhistas e da higiene da praia.

 

No âmbito do Plano Estratégico Municipal para o Bem-Estar Animal, anunciado em maio último, o Município de Esposende avançou com uma parceria com os Bombeiros Voluntários de Fão, envolvendo o contributo para uma ambulância exclusiva para socorro a cães e gatos, e estabeleceu um protocolo com a Ordem dos Médicos Veterinários, que visa essencialmente a esterilização dos animais errantes, abandonados.

 

Ainda no âmbito deste Plano Estratégico está prevista a construção de um “parque de agility”, no centro da cidade, onde os cães poderão interagir sem trela, assim como serão implementadas campanhas de adopção e acções de intervenção social em que os animais terão papel de destaque junto de grupos de risco como idosos, pessoas com deficiência e crianças com necessidades educativas especiais.

 

Este projecto cumpre uma promessa eleitoral e reflecte a preocupação do Município face a uma matéria fulcral, materializando as mudanças em curso na sociedade no que concerne à protecção e bem-estar dos animais, em particular dos animais de companhia, traduzida em alterações legislativas que atribuem acrescidas competências tanto ao Estado como às autarquias locais.

 

O Plano Estratégico Municipal para o Bem-Estar Animal prevê acções de sensibilização da população para a importância do não abandono e da adopção animal, esterilização e vacinação dos animais, reavaliação das estratégias de acolhimento.

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6411 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.