Estou nas Tintas: Conheça a vida e obra de mais de 80 artistas

apresentacao-de-estou-nas-tintas-03-01-2017_m

 

A Galeria de Arte da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa acolheu, ao final da tarde de ontem, a apresentação da nova série da RTP 2, “Estou nas Tintas”. Uma série que dará destaque aos artistas plásticos e às suas obras.

 

 

“Estou nas Tintas” estreia na RTP2 a 6 de Janeiro pelas 21:00 e dar´a conhecer a vida e obra de 80 artistas do panorama nacional sob o slogan “o homem à frente da obra”.

 

A autoria e realização deste projecto esteve a cargo de António de Almeida Lopes, que ao longo do seu percurso foi também o realizador de “Saúde com sabor”, “Praia Limpa, Praia Segura” ou ainda “Riscos e Rabiscos”.

 

Um ano após o inicio do projecto, todos os espectadores poderão ver finalmente o resultado final. Na apresentação ontem decorrida, a ilustradora Ana Mesquita chegou a dizer que pensou que este projecto seria “uma obra de Santa Engrácia”. Os espectadores vão poder a partir de dia 6 de Janeiro entrar nas casas e ateliers de alguns dos maiores nomes da arte nacional.

 

Por entre as várias personalidades que marcarão presença na apresentação da série, entrevistámos quatro: a ilustradora Ana Mesquita, a pintora Gabriela Carrascalão e os músicos José Cid e João Gil que fazem uma participação especial nesta série.

 

José Cid começou por referir que em “Estou nas Tintas”, “escrevo um tema sobre um quadro da minha mulher que se chama “Meu tambor mágico”, ou seja “o programa homenageia a minha mulher em vida, a pintora Gabriela Carrascalão, aluna de Belas Artes, pintora consagrada na Austrália e em Timor e cá tem já algumas exposições com bastante sucesso” acrescentando ainda que “ela fez um quadro a óleo, tríptico, sobre um tema meu que se chama Anjos Negros e portanto há aqui uma permuta e penso que será sobre isso que a realização se irá debruçar”.

 apresentacao-de-estou-nas-tintas-03-01-2017_m-5

Gabriela Carrascalão que nos confessou não saber quando lhe surgiu o convite, “houve um dia em que me disseram ‘vais ter que falar para a RTP sobre a tua pintura’. E eu nunca digo que não, porque podermos falar sobre aquilo que fazemos, que somos ou aquilo que possamos fazer pra ter um mundo melhor, eu estou sempre pronta para falar”. A pintora revelou ainda ao Infocul que tem actualmente “uma exposição no Museu do Vinho em Anadia, que fez parte das Jornadas da Universidade de Coimbra, que serviram para marcar o 20º aniversário do Prémio Nobel da Paz. Estou a preparar uma nova exposição para Maio, aqui em Lisboa, na Câmara Municipal de Odivelas. Entretanto estou a preparar algo mais vasto pois a próxima exposição será na Gulbenkian, está em fase de preparativos e negociações pois tem que ser tudo preparado com antecedência. Talvez daqui a um ano, será não a minha meta mas talvez a mais importante desde que estou em Portugal”.

 

No que a pintores diz respeito, “Estou nas Tintas” irá abordar a vida e obra de: Alexxandre Alonso, Clo Bourgard, Cruzeiro Seixas, David Levy Lima, Diogo Navarro, Eleutério Sanches, Eurico Gonçalves, Gabriela Carrascalão, Gracinda Candeias, Gustavo Fernandes, Jaime Silva, Jorge Almeida, Júlio Pomar, Luis Noronha da Costa, Madalena Raimundo, Manuel Baptista, Manuel Botelho, Maria de Lurdes Oliveira, Mário Rita e Pedro Guimarães.

 

 

A ilustradora Ana Mesquista falou ao Infocul e disse ter “muito gosto que a RTP 2 tenha budget, vontade, interesse em divulgar um tipo de arte que são as artes visuais, artes plásticas, que são o estimulo mais rápido para muita gente, para outra não será…” acrescentando que “houve aqui [na apresentação] uma citação de Picasso com a qual não estou de acordo: a arte é presente mas é sobretudo futuro, a arte é sempre a projecção de algo que nós sentimos. Os artistas são como esponjas que absorvem tudo e traduzem”. A ilustradora disse ainda que “o estimulo visual da arte desenvolve a cabeça, eu acredito num país mais feliz se estiver desenvolvido através da arte”.

 apresentacao-de-estou-nas-tintas-03-01-2017_m-15

 

Os ilustradores que marcarão presença no programa serão: Ana Mesquita, João Saramago, José Pereira, Marco Mendes, Rita Ravasco, Sara Osório (Sara-a-Dias) e Tamara Alves.

 apresentacao-de-estou-nas-tintas-03-01-2017_m-9

Na escultura, o “Estou nas Tintas” dará a conhecer o trabalho e obra de Carlos Nogueira, Francico Simões, Frederico Elias, Isabel Garcia, Manuela Madureira, Mestre José Rodrigues, Rogério Timóteo, Rui Matos e Susana Piteira.

 

Adalberto Brito (Youth One), Artur Silva (Bordalo II), Gustavo Teixeira (Mesk), Joãpo Samina, Miguel Caeiro (RAM), Nuno Palhas (Third), Nuno Reis (Nomen), Oliveiros Júnior (Utopia) e Sérgio Odeith serão os writers que terão o seu trabalho divulgado neste programa.

 

João Gil fará também uma participação especial neste programa, revela que “este programa tem como premissa dar a conhecer o universo dos artistas plásticos. Eu vivo com uma pintora e o que vai transparecer são duas pessoas que vivem no universo da arte e coabitam uma com a outra porque a pintura, as tintas e as cores é um universo muito estimulante para um músico e vice-versa. Acho que os dois nos estimulamos bastante”.

 

Em “Estou nas Tintas” participam também os artistas plásticos Ana Isabel Miranda Rodrigues, António Canau, Bernardete Moreira, Cristiano Neves, Dalila D’Alte, Joel Santos, José Costa Reis, José Pedro Alves, Paula Bernardes e Sérgio Santos.

 

 

Haverá ainda outros especialistas e participações especiais que tornarão o “Estou nas Tintas” numa das grandes apostas para a grelha da RTP 2 e que permitirá ao público ter um contacto mais próximo com artistas que por norma não têm tanta exposição mediática.

apresentacao-de-estou-nas-tintas-03-01-2017_m-18

 

apresentacao-de-estou-nas-tintas-03-01-2017_m-17

 

apresentacao-de-estou-nas-tintas-03-01-2017_m-6

 

apresentacao-de-estou-nas-tintas-03-01-2017_m-3

Rui Lavrador

Iniciou em 2011 o seu percurso em comunicação social, tendo integrado vários projectos editoriais. Durante o seu percurso integrou projectos como Jornal Hardmúsica, LusoNotícias, Toureio.pt, ODigital.pt, entre outros Órgãos de Comunicação Social nacionais, na redacção de vários artigos. Entrevistou a grande maioria das personalidades mais importantes da vida social e cultural do país, destacando-se, também, na apreciação de vários espectáculos. Durante o seu percurso, deu a conhecer vários artistas, até então desconhecidos, ao grande público. Em 2015 criou e fundou o Infocul.pt, projecto no qual assume a direcção editorial.

Rui Lavrador has 6438 posts and counting. See all posts by Rui Lavrador

Rui Lavrador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.