Estudo revela que salários aumentaram 6% no último ano

 

 

A Spring Professional, uma empresa do Grupo Adecco especializada no recrutamento de funções de nível médio, publicou as conclusões do seu mais recente estudo sobre a evolução dos salários em Portugal.

 

De acordo com os dados da empresa, baseados na colocação de profissionais nos mais diferentes sectores e geografias do nosso país, o salário médio apresenta, entre 2017 e 2018, uma evolução positiva de 6%. Guarda foi a região que registou o aumento mais significativo no período supramencionado, com uma evolução de 100%, correspondente ao aumento de salário médio de 1200 euros para 2400 euros entre este ano e o ano passado (valores brutos).

 

A região de Coimbra assume a segunda posição neste ranking, com uma subida de 74% (de 1763 euros para 3074 euros) e Viana do Castelo ocupa a terceira posição do pódio, com um aumento de 24%, que representa a subida de 1243 euros para 1540 euros. Também Lisboa e Porto registaram evoluções positivas nos salários médios. A capital do país registou um aumento de 7% (de 1658 euros para 1777 euros) e a cidade invicta viu o seu salário médio subir para 1599 euros em 2018. Em 2017, o valor médio era de 1551 euros, o que testemunha um aumento de 3%.

 

Carla Rebelo, Directora-geral do Grupo Adecco, explica que “a evolução positiva do salário médio é um indicador importante da recuperação económica do nosso país” e sublinha que “reflecte o trabalho que empresas como o Grupo Adecco desenvolvem para promover as melhores condições laborais e a valorização do trabalho em terras lusas“.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.