Évora recebeu Visita dos Projectos FSE – Capital Humano, Inclusão Social e Emprego/Portugal 2020

 

 

No âmbito da visita dos Projectos FSE – Capital Humano, Inclusão Social e Emprego/Portugal 2020 no concelho de Évora, a EPRAL – Escola Profissional da Região Alentejo recebeu, dia 25 de Março de 2019, a comitiva que integra elementos da Comissão Europeia, do POCH e do POISE.

A comitiva veio liderada por Andriana Sukova, Vice-Diretora Geral do Emprego, Assuntos Sociais e Inclusão da Comissão Europeia. A Direção-Geral da Comissão é responsável pela política da União Europeia em matéria de emprego, assuntos sociais, competências e mobilidade dos trabalhadores, bem como pelos programas de financiamento da UE direcionados para as questões acima referidas.

 

Destacam-se algumas personalidades que integraram a comitiva: a Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência (Ana Sofia Antunes), o Gestor do POCH – Programa Operacional Capital Humano (Joaquim Bernardo), o Presidente do POISE – Programa Operacional da Inclusão Social e Emprego (Domingos Lopes) e do PO Alentejo 2020 (Filipe Palma), e o Vice Presidente do IEFP – Instituto do Emprego e Formação Profissional (Paulo Feliciano).

Após a recepção dos convidados pela Presidente da Fundação Alentejo, Fernanda Ramos, e pelo Director da EPRAL, Cláudio Carvalho Ramos, seguiu-se o almoço no restaurante pedagógico Vauban e a visita à EPRAL, onde a comitiva pôde conhecer alguns dos trabalhos realizados na Escola, nomeadamente a exposição multimédia subordinada ao tema “Direitos Humanos”, desenvolvida no âmbito do programa pedagógico “Escola Embaixadora do Parlamento Europeu”, e também as salas de formação e os espaços laboratoriais,  contactando diretamente com alunos e professores.

A visita terminou no auditório da EPRAL com a intervenção de Andriana Sukova, na qual agradeceu a forma como foi tão bem recebida pela Escola, enaltecendo a excelente formação e simpatia de todos, especialmente dos alunos. Salientou, ainda, a mais-valia das constantes referências à Europa, que seriam normais em Lisboa e em meios mais urbanos, e não tanto no interior, parabenizando também as iniciativas escolares pela constante referência à Comunidade Europeia e sua importância, e à iniciativa do envolvimento dos jovens nestas temáticas. Por fim, realçou a necessidade e a vontade de continuar a financiar e a apoiar o projecto EPRAL devido ao seu empenho, esforço, dedicação e resultados que são empreendidos e conseguidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.