Ferreira do Alentejo: Dois homens identificados por receptação de material roubado

 

 

O Comando Territorial de Beja, através do Núcleo de Investigação Criminal de Beja, no dia 22 de Fevereiro, identificou dois homens, de 25 e 29 anos, pelo crime de receptação, em Ferreira do Alentejo.

No âmbito de uma investigação, que decorreu durante os últimos quatro meses, a GNR identificou os indivíduos responsáveis por receberem e guardarem os bens furtados de pelo menos 12 furtos em Portugal e 5 em Espanha, que visaram empresas de transportes, stands de venda de automóveis, postos de abastecimentos de combustíveis, armazéns agrícolas e lagares de azeite.

Desta investigação resultou no cumprimento a oito mandados de busca, nomeadamente às residências dos suspeitos, a uma viatura e a três armazéns, onde o material furtado era guardado, para posterior venda, nas localidades de Ervidel e Montes Velhos, concelho de Aljustrel, e na localidade de Aldeia do Rouquenho, concelho de Ferreira do Alentejo, onde foi apreendido o seguinte material:

· 28 máquinas de apanha da azeitona;

· 24 máquinas varejadoras para a apanha da azeitona;

· 21 portas de veículos automóveis de diversas marcas, cinco radiadores; quatro jantes para automóveis; dois motores e dezenas de outras peças furtadas;

· Dois motociclos e três quadriciclos;

· Ferramentas provenientes de oficinas de automóveis;

· Dois empilhadores;

· Seis televisões, dois frigoríficos e uma máquina de lavar;

· Dois computadores portáteis e dezenas de componentes eletrónicos

· Cinco rebarbadoras; Uma motosserra.

· Três telemóveis;

· Dezenas de artigos de higiene e bebidas;

Os suspeitos, com antecedentes criminais por furtos e recetação, foram sujeitos à medida de coação de termo de identidade e residência.

Esta operação contou com a colaboração do Núcleo de Investigação Criminal de Moura e de Almodôvar, do Destacamento de Intervenção de Beja e dos Postos Territoriais de Aljustrel e de Ferreira do Alentejo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.