Gafanha da Nazaré: Apreendidos 116 kg de pescado por fuga à lota

 

 

 

A Unidade de Controlo Costeiro, através do Subdestacamento de Controlo Costeiro de Aveiro, ontem, dia 7 de Janeiro, apreendeu pescado, na localidade de Gafanha da Nazaré, por fuga à lota.

No âmbito de uma operação de fiscalização direccionada para o controlo das normas que regem a comercialização de pescado fresco, os militares verificaram que existia pescado sem ter sido sujeito ao regime de 1ª venda em lota (fuga à lota), num estabelecimento de armazenamento de pescado.

Na sequência da acção foi apreendido 116 quilos de pescado diverso, nomeadamente choco-vulgar “Sepia officinalis”, linguado “Solea solea”, rodovalho “Scophthalmus rhombus” e pregado “Scophthalmus maximus”.

Foi identificado o proprietário do estabelecimento, um homem de 60 anos de idade, e elaborado o respectivo auto de notícia por contra-ordenação, sendo a infracção punível até ao montante máximo de 3 740 euros ou 44 891 euros, consoante o infractor seja pessoa singular ou colectiva.

O regime da primeira venda de pescado fresco prevê que a primeira venda seja, obrigatoriamente, realizada em lota, pelo sistema de leilão. A base deste regime assenta, sobretudo, na intenção de se manter e preservar um mecanismo regulador de preços neste sector pela concentração da oferta e da procura, pela transparência na constituição de preços e pelo controlo higiossanitário do pescado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.