Gloria Steinem aborda a discriminação e violência contra as mulheres, em “Woman”, no Odisseia

 

 

Gloria Steinem, mundialmente reconhecida enquanto escritora, jornalista e ativista, apresenta “Woman”, uma série Viceland, que retrata o problema da discriminação e da violência contra as mulheres no Odisseia, a partir de quarta-feira, 7 de Novembro, às 23:30.

 

 

 

Woman” assinala o mês em que se celebra o Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres (25 de Novembro), retratando ao longo de oito episódios, de trinta minutos, histórias de todo o mundo, que vão desde a violência contra as mulheres no Congo, aos casamentos infantis na Zâmbia ou até mesmo aos abusos sexuais dentro do universo militar dos Estados Unidos.

 

 

Gloria Steinem, nomeada para um Emmy 2016 pela sua participação nesta série documental, viaja pelo mundo para mostrar que questões como o casamento infantil, a mutilação genital feminina e o sexismo não são “coisas” do mundo feminista, são realidades cruas, difíceis de testemunhar que mostram que a sociedade precisa de mudar.

 

 

Numa entrevista ao New York Times, Gloria Steinem, conhecida como “A Mãe do Feminismo”, tentou explicar a importância de se dar voz e palco a estas histórias: “Vê-las é o mais perto que podemos estar do que se passa no terreno. É sermos testemunhas. E as pessoas que estão a passar por estas situações difíceis precisam de testemunhas, e de pessoas que as possam ajudar”. 

 

 

No primeiro episódio, “Colômbia: As Mulheres das Farc”, com estreia marcada dia 7 de Novembro, às 23:30, o Odisseia viaja até às montanhas Colombianas para conhecer estas mulheres-soldado e perceber como serão reintegradas na sociedade depois do fim da guerra civil.

 

 

Ao longo destes oito episódios, o Odisseia convida os espectadores a serem testemunhas, um passo essencial para ganhar consciência do que se passa no mundo e do longo caminho que ainda temos que percorrer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.